10 Países mais baratos para morar na Europa: cidades, salários e aluguel

14
809

Atualizado em

Um dos artigos mais pedidos neste blog é o de países mais baratos para morar na Europa. Muita gente esquece que o continente é formado por mais de 40 nações diferentes e acaba querendo imigrar sempre para os mesmos como Irlanda, Alemanha, França..

Alguns países desta lista possuem custo de vida bem mais baixo do que os países com economia mais forte. Mesmo nas capitais, o custo do aluguel pode ser mais baixo. Os salários não são tão altos como nos países com economia mais forte, porém compensa pela qualidade de vida e segurança.

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Países mais baratos para morar na Europa

Essa pesquisa foi baseada no Numbeo, a mesma que nós utilizamos para fazer o vídeo e artigo Países mais caros para morar.

Nós escolhemos países em que já existem brasileiros morando lá, alguns são nossos conhecidos. Também levamos em consideração a segurança, saúde e poder de compra. Não vale a pena indicar um país que é bem mais barato, mas não é seguro. Segundo o Numbeo, os países mais baratos pra viver na Europa são Kosovo, Macedônia, Ucrânia, Moldova, Belarus, Romênia, Servia, Bosnia e Herzegovina, Albânia e Bulgária. Dessa forma, selecionamos países com melhores indicativos e fizemos esse artigo.

Os preços estão em euro para ter uma base comum de comparação, pois vários paises utilizam a sua própria moeda. Além disso, alguns deles precisam ser avaliados antes da sua mudança, principalmente por causa da recessão após a pandemia e poucas oportunidades de emprego. Alguns preços poderão sim ficar mais baixos.

Eu passei por vários destes países mais baratos para morar na Europa e você encontra dicas no blog e em vários vídeos no canal do Youtube!

Clique no vídeo abaixo para ver todas as dicas dos países mais baratos para morar na Europa.


1 – Rússia

O maior país dessa lista de países mais baratos para morar na Europa. A cultura da Rússia é riquissima: grandes escritories como Dostoevsky e Tolstoy, o balé Bolshoy, arquitetura de cair o queixo até nas estações de metrô. Em uam viagem pelo interior russo é possível ver inúmeros lagos, rios campos e passar por mais de 10 fusos horários diferentes.

O aluguel de um apartamento com um quarto em São Petersburgo é de 460 euros e o salário limpo é de 555 euros aproximadamente. Em Moscou é mais cara, o aluguel custa em torno de 785 e o salário limpo é de 855 euros.

A qualidade de vida é alta e o custo de vida baixo, no entanto o país possui um inverno super rigoroso, a língua é complicada e pouca gente fala inglês. Mas não é impossível de aprender russo,o Jean é prova disso! Tem varios brasilieors que vao estudar medicina na Russia devido as suas mensalidades que podem ser até 4 vezes mais baratas do que no Brasil.

  • Custo de vida 39,21
  • Índice do supermercado 31,08
  • Índice Preço do restaurante 39,61
  • Poder de compra local: 38,94

2 – Polônia

O primeiro país desta lista de Paises mais baratos para morar na Europa é a Polônia! Além de ser a queridinha dos viajantes que desejam viajar barato, o país está sempre crescendo e tem várias oportunidades de trabalho, principalmente para quem fala inglês e alemão. As atividades econômicas variam bastante como finanças, turismo, indústria naval e petroquímica.

Há várias cidades baratas para morar na Polônia como Poznán, Cracóvia, Gdansk e Varsóvia e algumas são consideradas Patrimônios Culturais da Unesco. Além disso, a localização da Polônia favorece viagens pelo Leste Europeu e voos baratos. É um país culturalmente rico e com baixo custo de vida, além de seguro. Ao sul você encontra um dos resorts de ski mais baratos da Europa como Zakopane!

polonia paises mais baratos para morar na europa
Chalés em Zakopane na Polônia

As desvantagens são a dificuldade para aprender a língua, o clima super rigoroso no inverno e a alimentação que é bem diferente. Eu já conheço alguns pratos, como o pirogue, por causa dos imigrantes na minha cidade no Paraná.

O aluguel de um apartamento com um quarto custa em média 430 a 650 euros dependendo a cidade e o Salário médio é de 793 euros. Algumas cidades pode chegar a 806 como em Gdansk. Entre as cidades que mencionei, a mais cara seria Varsóvia com aluguel a 580 a 650, salário limpo a 870 e contas de água, eletridade, lixo por 150.

  • Custo de vida 40,04
  • Índice do supermercado 30,55
  • Índice Preço do restaurante 33,45
  • Poder de compra local: 59,61

3 – Hungria

Com certeza um dos países que quero conhecer mais é a Hungria, sou apaixonada pela capital Budapeste. Considerada uma das cidades mais baratas para viver na União Europeia e também um centro financeiro importante, além de ser culturalmente riquíssima. Há oportunidades nas áreas de turismo, comércio e indústria.

O aluguel de um apartamento com um quarto na capital custa em média 475 euros e o salário limpo de 730 euros. As contas fixas de luz, água, eletricidade são de 145 euros.

A maior dificuldade com toda certeza será o idioma, O húngaro é um os idiomas mais difíceis para aprender do mundo! Outra coisa que pode incomodar é o inverno rigoroso e o jeito húngaro de ser. O custo de vida é baixo e o poder de compra também. Apesar disso ganha em segurança, qualidade de vida e uma cidade bonita demais. É simplesmente maravilhosa e com uma das cafeterias mais chiques do mundo!

  • Custo de vida 40,85
  • Índice do supermercado 30,77
  • Índice Preço do restaurante 34,46
  • Poder de compra local: 47,55
parlamento budapeste paises mais baratos para morar na europa
Parlamento da Hungria em Budapeste a noite

4 – Lituânia

Taí um país que muito de vocês nunca tinham ouvido falar né! A Lituânia faz parte dos Países Bálticos juntamente com Estônia e Letônia e está localizado ao norte da Europa, logo acima da Polônia. Os setores de finanças, construção e serviços são bem agitados.

O aluguel de um apartamento com um quarto na capital custa 500 euros, os custos fixos 150 e o salário limpo é de 945 euros. O salário baixo e o poder de compra também, mas compensa pela saúde e segurança. Os dias de verão duram muito, escurece às 23h e amanhece às 3h.

Vilnius, a capital da Lituânia, possui o maior Centro histórico em estilo barroco da Europa e  tombado como Patrimônio Universal pela ONU. A cidade é toda arborizada, bem cuidada e com diversas igrejas antigas e praticamente todos os jovens falam inglês. Além disso tem um país dentro da cidade chamado de Uzupis! É um estado declarado independente com menos de 600m² com hino nacional, presidente, bandeira e até uma embaixada no Brasil e um Consulado em São Paulo. E claro q você pode ganhar um carimbo no seu passaporte em uma das lojas haha.

  • Custo de vida 44,28
  • Índice do supermercado 33,63
  • Índice Preço do restaurante 42,70
  • Poder de compra local: 57,85

5 – Eslováquia

Localizada logo abaixo da República Tcheca e na fronteira com a Áustria, a Eslováquia foi uma das maiores surpresas da minha viagem. Ela é cortada pelo rio Danúbio e fica apenas uma hora de Viena, uma das cidades mais caras que já pisei. O turismo é muito forte, assim como a indústria e comércio. A produção de vinho na Eslováquia é uma tradição e foi um dos melhores do mundo, enviando uma carga para o Titanic!



O aluguel de um apartamento com um quarto na capital Bratislava custa em torno de 620 euros com custos fixos de 180. O salário é de 1010 euros já sem os impostos.

torre ufo casinhas coloridas bratislava eslovaquia
A Bratislava é uma cidade encantadora!

O país é bem pequeno, porém encantador, Eu conheci apenas a capital e a região da Bratislava e posso dizer que fiquei encantada. A comida é muito boa e normalmente farta e barata. É costume servirem uma sopa com oprimeiro prato mesmo no verão, seguido de um prato com carne e salada e finalizando com sobremesa, tudo a preço bem acessível.

A segurança é muitoa boa, além da qualidade de vida e custo de vida baixo. Muita história para você conhecer, sem falar que é um povo muito amigável e curioso e falam inglês.  A capital é charmosa, possui dois castelos (um super conservado no centro da cidade e um em ruínas chamado Devín) e uma torre super alta que você pode jantar e ter uma vista panorâmica da cidade (ou até caminhar do lado de fora e ficar apavorada)

Confira 10 coisas para fazer na Eslováquia.

  • Custo de vida 44,46
  • Índice do supermercado 37,51
  • Índice Preço do restaurante 33,82
  • Poder de compra local: 56,94

6 – República Tcheca

Ahh um dos países queridinhos! Cidades históricas lindas, diversão e cerveja boa (com direito a SPA de cerveja e tudo mais). Muitos gringos escolhem a capital Praga pra viver, já que há a possibilidade de trabalhar com o turismo. No entanto, Brno é uma das cidades mais baratas da União Europeia. Por ser uma cidade universitária, Brno oferece várias opções de lazer e possibilidade de passeios pelo interior do país.

O aluguel de um apartamento com um quarto custa 530 euros e o salário líquido é de 980 euros. Já em Praga, os custos com aluguel sobem para 800 euros e o salário sobe para 1130 euros.

Apesar o salário ser relativamente bom, o poder de compra é moderado. O que dificulta a vida é o idioma e o inverno rigoroso.

A República Tcheca é um país seguro e tem políticas de saúde bem eficientes, como se comprovou agora com a crise do Coronavírus. Foi um dos primeiros países e a se fechar completamente e implementar medidas restritivas para impedir a disseminação do vírus. Outra vantagem é a sua posição na Europa que facilita várias viagens.

  • Custo de vida 46,15
  • Índice do supermercado 38,13
  • Índice Preço do restaurante 34,10
  • Poder de compra local: 62,82
vista da ponte charles em praga frio inverno
Praga é uma das minhas cidades favoritas na Europa

7 – Portugal

Portugal é um dos países preferidos dos brasileiros para imigrar, justamente por causa do idioma, clima e boa comida. Há oportunidades na área de TI, serviços e turismo. Além disso, é um dos países fáceis pra brasileiro morar e trabalhar.

O aluguel de um apartamento com um quarto em Lisboa num bairro mais afastado custa em torno de 850 euros. O salário mínimo é de 750 euros, porém algumas pessoas que assistem meus vídeos e moram lá disseram que a média é de 950 euros. Alguns brasileiros escolhem Cascais (apesar de ser mais cara) ou Carcavelos para morar.

Outra cidade mais barata é Porto, o aluguel pode ser de 690 e o salário 809 euros já sem os impostos.

Em alguns lugares o aluguel pode ser de apenas 400 euros, mas são cidades bem menores e afastadas. O aluguel é muito caro em relação ao salário, tem muitos ingleses e outros europeus vivendo pois o clima é ótimo, a comida também e os portugueses são amigáveis.  Até a Madonna mora em Portugal gente!

  • Custo de vida 49,52
  • Índice do supermercado 38,14
  • Índice Preço do restaurante 42,48
  • Poder de compra local: 49,93

8 – Croácia

Ahh esse sim é um dos países que eu adoraria morar! Croácia é um país com ótimo clima, belíssimas praias e cidades históricas! Algumas delas com ruínas romanas como é o caso de Pula no norte do país que possui um coliseu!

A capital Zagreb é muito barata e bem agitadinha, já o sul é bem mais caro. Várias cenas de GOT foram gravadas em Dubrovnik o que causou a explosão do turismo. Finanças, indústria têxtil e madeireira são fortes no país. Zadar é outra cidade linda para conhecer.

rua de restaurantes bares em zagreb
Centro histórico de Zagreb

O aluguel de um apartamento com um quarto na capital Zagreb pode variar de 470 a 600 euros dependendo a localização. O salário líquido é de 900 euros. Já em Dubrovnik o aluguel pode custar 710 euros e o salário é menor, apenas 840 euros.

O custo de vida é baixo e a qualidade é muito alta. São diversas cidades culturalmente riquíssimas com transporte local barato, paisagens incríveis e boa comida. Sem falar no clima e na possibilidade de sempre pegar uma praia, já que tem uma costa muito grande.

Quando viajei para Zagreb fiquei em um hostel cápsula que foi bem baratinho e diferente!

  • Custo de vida 49,70
  • Índice do supermercado 39,90
  • Índice Preço do restaurante 42,44
  • Poder de compra local: 50,42

9 – Estônia

Outro país dos Bálticos nesta lista de países mais baratos para morar na Europa! A capital Tallinn possui em torno de 426 mil habitantes e é muito comum que as pessoas façam uma viagem até Helsinki na Finlândia de barco, onde os custos são muito maiores. O país também faz fronteira com a Rússia.

51% do país é coberto com florestas e tem mais de 2000 ilhas. Tallin, a capital, é considerada a cidade medieval mais bem preservada do norte da Europa. A Estônia foi o primeiro país a oferecer a identidade digital a todos os cidadãos (e-Residency) e a oportunidade de administrar uma empresa on-line. 99% do serviço do estado é oferecido online! É um dos países menos religiosos do mundo, onde apenas 16% da população se sente religiosa.

O aluguel de um apartamento com um quarto em Tallín custa em torno de 550 euros e o salário é de 1220 limpo. Custo de vida baixo, alta qualidade de vida, segurança, saúde, ótimos salários e até Wifi Grátis! No entanto é muito mais frio chegando a -8ºC  e o idioma é complicado mas dá pra se virar no inglês. Já no verão a máxima é de 17ºC e 19h horas de luz por dia!

  • Custo de vida 50,93
  • Índice do supermercado 36,57
  • Índice Preço do restaurante 52,94
  • Poder de compra local: 71,30

10 – Eslovênia

Ahhh a minha queridinha também está na Lista! Para quem não sabe, a Eslovênia fica ao lado da Itália, abaixo da Áustria e acima da Croácia. Ela teve influência de todos esses países, sendo que pertecia a esses territórios antes das guerras e fez parte da Iuguslávia.

eslovenia paises mais baratos para morar na europa
Alpes Julianos ao fundo e Lago Jasna na Eslovênia

Um dos meus sonhos sempre foi conhecer a Eslovênia por causa da sua natureza, é um dos paises mais sustentáveis do mundo com diversas politicas de preservação do meio ambiente. As paisagens são muito bonitas, principalmente na região do Triglav onde ficam os Alpes Julianos, vale do rio Soca e a cidade Bled, a qual parece um conto de fadas.

O litoral da Eslovênia é bem pequeno mas charmoso e lembra a Itália, A capital é lindissima, vibrante e com um nome complicado Liubliana. Outras atrações famosas do país são as caverna Postojna e o Castelo Predjama.

Aqui no canal tem uma série de vídeos especiais e todo o meu roteiro na Eslovênia!

O aluguel de um apartamento com um quarto na capital custa em torno de 600 euros O salário em média é de 1185 euros líquido. Os eslovenos são amigaveis e falam inglês.

  • Custo de vida 53,43
  • Índice do supermercado 43,76
  • Índice Preço do restaurante 45,43
  • Poder de compra local: 66,31

Vale a pena se mudar para um destes países mais baratos para morar na Europa?

Se você está aberto a novas aventuras e um estilo de vida diferente com segurança e melhores salários, sim. Lembre-se que se tornar imigrante em qualquer país nunca vai ser fácil de início e sempre tem a possibilidade de você experimentar e depois escolher outro. Eu já morei em 3 diferentes na Europa até encontrar o que me adaptei melhor, no caso é a Inglaterra.

Se você tem cidadania europeia, sua mudança será facilitada em alguns países. Já na Rússia é vantagem entrar com o passaporte brasileiro. Alguns países te dão a residência e até a cidadania após 5 anos de moradia, como mencionei nesse artigo 5 formas de conseguir cidadania europeia.

Os próximos países mais baratos para morar na Europa depois destes 10 seriam Espanha, Grécia, Alemanha, Itália, Reino Unido (onde eu moro na Inglaterra).

Salve no Pinterest

10 países mais baratos para morar na Europa
10 países mais baratos para morar na Europa
Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
CONTA BANCÁRIA NA EUROPA
Com Transferwise você economiza dinheiro durante o intercâmbio ou morando em outro país. Veja como transferir dinheiro para o exterior.

PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

AIRBNB
Alugue apartamentos ou quartos com preços especiais, ótimos para quem viaja em grupo! Reserve no Airbnb e ganhe R$180 de desconto na sua primeira hospedagem.

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

AULA DE IDIOMA COM PROFESSOR NATIVO
Aprenda qualquer idioma em casa com aulas virtuais e preços acessíveis. Ganhe 10 USD de desconto na sua primeira compra na plataforma do Italki!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

Travel blogger e designer aspirante à muitas coisas e com PhD em zuera, não dispensa uma aventura cheia de desafios e tragédias. Nas horas vagas joga games, canta e planeja as próximas viagens.

14 COMENTÁRIOS

  1. Eu já morei na Sérvia e foi suuuper barato! Mas foi temporário e eu nem recebia salário, rs. Dessa lista de países baratos para morar na Europa, eu adoraria morar na República Tcheca!

  2. Uau, achei que a Espanha estava na lista! Fiquei surpresa com tantos países mais baratos que Espanha e Portugal. Fazia uma ideia bem diferente!

  3. Sou louca pra conhecer Rússia, Croácia, Eslovênia, Eslováquia, Lituânia e Estônia hehehe mas morar na maioria dos países dessa lista acho que seria frio demais pro meu gosto rs! Rep Tcheca e Polônia eu estive ano passado e os preços (exceto hotel) estão ok. Quero muuuito voltar pra Polônia que AMEI demais!! Passei 1 mês lá e não foi suficiente!

  4. Adorei esse seu post. Já morei na Inglaterra e simplesmente amei. Gostaria muito de voltar. Portugal com certeza seria tb uma ótima opção p mim. Quero muito conhecer a Rússia, Eslovênia, Eslováquia e Estônia. Espero que seja em breve!

  5. O que eu mais queria era mudar de país rs.. mas acho que só quando me aposentar. Adorei as dicas de Países mais baratos para morar.

  6. Já coloquei nos meus favoritos o seu post com os países mais baratos para morar na Europa por motivos necessários. Eu já morei em Frankfurt, meu deus que lugar caro! Mas sabe que na sua lista tem alguns países que já estavam nos meus planos? Eu amei a Polônia e achei bem barato, achei a Lituânia o país mais barato que eu já estive na Europa, mas acho que não moraria lá. Mas vai que?!

  7. Fiquei impressionado com estas lista de países baratos para morar na Europa.
    Primeiro porque tem muitos lugares que eu morro de vontade de conhecer, e segundo porque eu achava que em qualquer país do Velho Continente os custos de vida seriam bem maiores.

    Ótimas dicas!

    Abraço

  8. Adorei seu post, não sabia desses países todos para morar barato na Europa. Eu visite Portugal e achei dos que já conheci o mais barato. Mas agora já tenho esses na minha listinha.

  9. Nunca me imaginei morando na Europa, mas muitos da lista eu já visitei e concordo que ao menos o custo de vida de um turista é baixo, como por exemplo na Croácia e na República Tcheca. Talvez por não serem ainda adeptos do euro. Você acha que isso é um diferencial para eles estarem na lista dos países mais baratos para morar na Europa?

    • oi Leo, sim são boas opções, dificil mesmo é a língua, já que teria q aprendê-la ou trabalhar numa área que realmente use o inglês. outra opção é ser autonomo

  10. Desde que visitei a Polônia e a República Tcheca que tenho vontade de morar nesses países. A única coisa q pesa contra é o frio. Essa sua lista dos 10 Países mais baratos para morar na Europa me fez pensar novamente na possibilidade de morar fora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here