10 erros que cometi ao morar fora do Brasil

0
235

Já cometi erros ao morar fora do Brasil que dificultaram a minha adaptação. Já morei na Nova Zelândia, Alemanha, Itália e atualmente estou vivendo na Inglaterra. Por todas essas mudanças, percebi que alguns erros são bem comuns e que se repetiam com outros brasileiros.

Se você está pensando em morar no exterior, vale a pena conferir esta lista para não passar perrengue no futuro e até evitar alguns golpes. Assista o vídeo!

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Erros que cometi ao morar fora do Brasil

1 – Ir com dinheiro contado

Um dos maiores erros que cometi ao morar fora do Brasil foi levar pouco dinheiro. Eu achei que seria fácil arranjar emprego, pois, afinal, tinha acabado de me formar e estava terminando uma pós graduação, falava 4 línguas diferentes e tinha o visto certinho na Nova Zelândia. Que erro! Não consegui um trabalho sequer, fui em várias entrevistas e nada… o dinheiro foi acabando, mas por sorte consegui alguns projetos freelance que consegui pagar as contas, mas não consegui aproveitar tão bem pois sempre precisava ser o mais barato possível.

Aquela ânsia de sair do Brasil me atrapalhou muito, pois deveria ter guardado mais dinheiro antes da viagem. Infelizmente não aprendi isso e repeti quando fui para a Itália em 2017, o que me levou a muitos e muitos perrengues que me traumatizaram haha

Guarde o máximo de dinheiro que puder, venda suas coisas, economize e até faça alguns trabalhos temporários. Eu recomendo vir com no mínimo 6 meses de gastos sem você trabalhar, ou seja, você precisa calcular quanto gastaria no país durante esse tempo até achar um emprego. Eu explico melhor como fazer o orçamento e alguns gastos vivendo na Europa aqui: Quanto custa morar na Europa

Claro que você pode vir com um pouco menos, mas lembre-se: será mais difícil. Se puder vir já com emprego garantido, serial ideal. Aproveite para ler este artigo: Como morar na Europa: 10 dicas de planejamento

Clique para assistir o vídeo sobre os erros que cometi ao morar fora do Brasil:

2 – Achar que o sistema é rápido

Nós temos essa “impressão” que tudo funciona melhor fora do Brasil, que tudo é mais rápido e eficiente. ISSO É MENTIRA. Tem país que ainda usa fax gente, é impressionante haha


O visto pode demorar meses para sair, pode ser difícil alugar casa e até conseguir um horário para fazer alguns documentos necessários. Exemplo: Quando morei na Alemanha, tive que passar uma madrugada inteira do lado de fora do prédio que emitia os documentos para estrangeiros para conseguir meu visto de cônjuge de europeu em Berlim. Aqui na Inglaterra foi tudo online, sem perrengue algum.

Alguns países já estão facilitando a burocracia e alguns tem até vistos especiais para nômades como a Estônia e em breve a Croácia. Você precisa entender que os gringos estão acostumados a fazer as coisas de certa forma e numa velocidade de tempo. Não querem mudar o processo ou até mesmo facilitá-lo.

Se você está pensando em vir ilegal, pense duas vezes. Leia Morar ilegal na Europa: o menor dos problemas é a deportação

3 – Confiar demais nas pessoas

Eu não me considerava uma pessoa ingênua na época, desconfiava um pouco das pessoas, porque acreditava na bondade. Um dos maiores erros que cometi ao morar fora do Brasil foi confiar nas pessoas erradas. Tem muita gente que queria “ajudar” para me ferrar, passar por cima e tentar tirar proveito. Seja “amigos”, chefes, proprietários do lugar onde alugava… e não eram só gringos, tem muito brasileiro que se aproveita dos “recém chegados”.

Normalmente essas pessoas são infelizes da vida, passaram por dificuldades e “venceram por estar morado fora” e por causa disso acham que você deveria sofrer a mesma coisa. Alguns até continuam com empregos ruins, continuam no mesmo nível que chegaram e odeiam ver alguém conseguir melhores oportunidades.

Muitos acabam enganando os outros. Precisa ficar ligado nos golpes na Europa mais comuns em brasileiros

o que fazer em cotswolds na inglaterra
Morar fora do Brasil é legal, mas tem seus lados ruins

4 – Achar que tudo vai ser maravilhoso

Morar fora do Brasil não é fácil, não tem esse glamour que todo mundo pensa. Tudo vai ser difícil, por mais simples que seja. A comunicação com o governo, o entendimento de como funciona cada processo, como por exemplo um simples contrato de aluguel ou de trabalho. Você não vai ter apoio da família, vai estar distante e vai se sentir sozinha muitas vezes.

Todas as essas dificuldades afetam o seu psicológico e influenciam na sua adaptação. Por isso recomendo conversar bastante, por tudo pra fora e, se possível, fazer um acompanhamento psicológico. Há vários sites que facilitam esse contato com psicólogos do Brasil. Não deixe acumular, eu fiz isso e me prejudicou muito.

Confira 5 Melhores países do mundo para estrangeiros

5 – Pesquisar o custo de vida e os impostos

Cada país funciona de uma maneira. Tem países onde o salário é excelente, como a Suíça que tem o maior salário mínimo do mundo: 24 mil reais por mês! Realmente deve ser lindo ganhar isso por mês, porém os custos de morar na Suíça são muito altos: impostos, aluguel, alimentação, transporte… Até “europeus” preferem não visitar a Suíça pelos custos altos haha Dos 24 mil, podem sobrar talvez uns 4 mil depois das contas pagas.

Muitos brasileiros pensam que estará recebendo 5, 7 vezes mais no Brasil por causa da conversão, mas também esquece que gastará 5,7 vezes mais morando nesse país. Quem converte não se diverte. Já que irá morar em outro país, pesquise quanto se paga de imposto, quanto custa a comida, aluguel… assim você consegue fazer uma comparação entre os países para escolher onde morar.

Vale a pena ler estes artigos:

Quando nós moramos na Alemanha, ganhávamos um pouco mais, no entanto pagamos muito mais imposto do que aqui na Inglaterra e temos a mesma qualidade de vida. Leia: Morar na Alemanha ou Inglaterra: qual é o melhor e diferenças

6 – Desapego

É importante frisar que o nível de conforto que você tinha no Brasil será outro quando se mudar. Pode ser que melhore ou que piore. Terá que dividir a casa com mais pessoas, trabalhar em lugares que não gosta e nem na sua área. Precisa ter uma mentalidade aberta e flexível para aceitar essas mudanças e é difícil.



Você pode pensar que “ah consigo trabalhar nessa área” mas sempre após alguma reclamação tensa de cliente ou problemas irá pensar “fiz faculdade para me sujeitar a isso”. Você sabe que pode mais, que tem capacidade e é melhor que seus colegas, mas ainda não encontrou o emprego certo. São passinhos de formiga para um futuro melhor. Um amigo do Jean começou catando latinha em shows e agora está com um emprego super bom e ganhando muito dinheiro. Leva tempo até construir algo fora do país.

7 – Mala certa

Falando em desapego, também é importante escolher bem o que você irá trazer para o novo país. Não conseguirá trazer sua coleção de livros ou todas as roupas do armário, já que sua vida será reduzida a uma ou duas malas.

Muita gente acaba trazendo coisas desnecessárias e que são facilmente encontradas aqui, como já falei neste artigo Não leve estas coisas na mala para morar fora do Brasil

Também é importante pesquisar sobre a temperatura na época da sua mudança. Eu fui com várias roupas mais quentinhas para a Itália em junho, pois achava que não seria tão quente lá (fui para a região das montanhas). Porém, nos percursos da vida, parei em Siena e vivi noites muito quentes a 38 graus haha

Clique para assistir O que não levar na mala para morar fora

8 – Não deixe nada pendente

Essa é uma das partes chatas de morar fora do Brasil. Precisa cancelar assinaturas de internet, cancelar conta no banco, conta do celular, academia. Também é importante deixar alguma procuração para alguém atuar por você caso seja necessário e talvez fazer uma assinatura eletrônica. Eu tive que voltar ao Brasil porque não havia deixado uma procuração.

9 – Saber o idioma

Esse erro eu não passei, mas vi muita gente que muda de pais sem saber a língua local. Claro que não tem problema não saber, mas é muito mais fácil se você estudar algum tempo antes da mudança. Isso irá facilitar todo o processo burocrático e também irá evitar perrengues pois entenderá o que estão falando.

Saber inglês é importante, mas os funcionários de vários países não querem conversar em inglês com você pois tem a ideia de que “está vindo para o meu país, precisa falar a minha língua”. Quando morei na Alemanha, eu precisava ir com o Jean para resolver qualquer tipo de assunto, pois ele não fala alemão e os funcionários não queriam saber de se comunicar em inglês.

Então, se você não sabe a língua precisará contratar alguém que fale por você, o que gera mais gastos, e também não sabe se essa pessoa é de confiança e está passando as informações corretas.

Confira todas as dicas para aprender idiomas.

10 – Mudar é a solução

Se você acha que mudar de país irá resolver todos os seus problemas, está enganada! Alguns até podem sumir, mas vão surgir muitos outros e até piores. Então esteja preparada!

Gostou desta lista de erros que cometi ao morar fora do Brasil? Comente!

Salve no pinterest!

Erros que cometi ao morar fora do Brasil
Erros que cometi ao morar fora do Brasil
Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
CONTA BANCÁRIA NA EUROPA
Com Transferwise você economiza dinheiro durante o intercâmbio ou morando em outro país. Veja como transferir dinheiro para o exterior.

PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

AIRBNB
Alugue apartamentos ou quartos com preços especiais, ótimos para quem viaja em grupo! Reserve no Airbnb e ganhe R$180 de desconto na sua primeira hospedagem.

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

AULA DE IDIOMA COM PROFESSOR NATIVO
Aprenda qualquer idioma em casa com aulas virtuais e preços acessíveis. Ganhe 10 USD de desconto na sua primeira compra na plataforma do Italki!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here