Morar na Escócia: pontos positivos e negativos

0
16

Morar na Escócia não é para qualquer um! Faz pouco mais de um ano desde que tomei a decisão de me mudar para a capital da Escócia, a linda Edimburgo, e posso dizer que foi um ano bem agitado. Desde a adaptação à vida em um novo país até a descoberta de tudo o que a Escócia tem a oferecer, houve muitos altos e baixos.

Se você está planejando morar na Escócia, estes são os pontos positivos e negativos. Assista o vídeo no Youtube com mais dicas sobre esse tema!

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Morar na Escócia: vale a pena?

1 – Highlands!

Uma das maiores vantagens de se viver na Escócia é a beleza natural. Das colinas das Highlands aos litorais não faltam paisagens de tirar o fôlego! São muitos lugares para explorar, incluindo montanhas, cachoeiras, ilhas e lagos (quem nunca ouviu falar do monstro do Lago Ness?)! São mais de 2 mil ilhas para explorar sendo as maiores Isle of Skye e Isle of Mull.

Além disso, a Escócia tem uma rica história e cultura com muitos pontos fascinantes, figuras importantes como William Wallace e locais históricos para explorar como castelos (neste artigo listo os 10 castelos da Escócia mais legais!)! Desde a parte gastronômica, ao uso do kilt, gaita de foles e, claro, a produção de whisky!

morar na escocia pontos positivos negativos
Morar na Esócia: pontos positivos e negativos

2 – Precisa ter carro

O sistema de transporte público em Edimburgo é excelente, tem bus para todo lado e estão ampliando a linha do tram. Não há necessidade de carro dentro da cidade.

As grandes cidades da Escócia são conectadas por trens e ônibus, porém morar na Escócia será uma experiência diferente se você tiver o seu próprio veículo.

Explorar as Highlands pode ser difícil se você não tiver um carro ou morar sozinho. Como as Highlands é uma região grande e pouco povoada, algumas vilas aqui e ali, então o transporte público pode ser limitado. Pode ser difícil se locomover sem carro, e o aluguel de carros pode ser mais caro nas áreas rurais. O mesmo acontece com a hospedagem, pois pode haver menos opções nas Highlands em comparação com áreas mais urbanas, e os preços podem ser mais altos. Se você estiver viajando com seus amigos, os custos são muito mais baratos (bora fazer amizades!!)


viagem highlands glencoe
A melhor parte da Escócia são as Highlands!

Além disso, as estradas nas Highlands são estreitas e às vezes remotas, com terrenos difíceis que podem exigir pneus especiais no inverno e carros mais altos, como hatchbacks. E não se esqueça que o clima nas Terras Altas pode ser imprevisível, com ventos fortes, chuva forte e temperaturas frias, principalmente no inverno. É importante estar preparado e trazer roupas quentes e impermeáveis e começar o dia cedo para aproveitar o sol. Já fomos durante o verão quando estava 12 graus!

Já escrevi alguns artigos interessantes para te ajudar nas Highlands:

Dirigir na Inglaterra e Escócia

Highlands da Escócia: roteiro e castelos incríveis!

3 – Clima difícil

O clima pode ser imprevisível e muitas vezes frio e chuvoso. Este verão foi muito quente e ainda pude aproveitar a praia com meus amigos, churrasco… Há muitos dias de sol, porém a luz do sol não é quente o suficiente, você sabe. A parte parte é o inverno longo e escuro. Claro que o frio me incomoda, mas os dias mais curtos você e pode fazer com que você sinta alterações no apetite e sono, tenha pouca energia e sinta-se deprimido ou ansioso.

Aqui a gente fala que tem duas estações: julho e inverno kkkk Neste artigo aqui conto sobre a Melhor época para visitar a Escócia

morar na escocia vale a pena
Morar na Escócia: vale a pena?

4 – Muitos festivais o ano todo!

O cenário artístico e cultural da Escócia é rico com muitos festivais, shows e eventos ao longo do ano. Edimburgo é palco de grandes eventos como o Military Tattoo, Hogmanay, Fringe… Há sempre alguma coisa acontecendo na cidade, especialmente durante o verão. Sinto que tenho mais oportunidades com empresas em Edimburgo trabalhando como influenciadora em comparação com as outras cidades que morei.
Além disso, existem muitas atividades ao ar livre para desfrutar na Escócia, como caminhadas, pesca e golfe (você sabia que o golfe foi criado aqui?).

No vídeo abaixo falo sobre o maior evento que acontece no mês de agosto: o Edinburgh Military Tattoo! Clique para assistir!

5 – Custo de vida razoável

O custo de vida é geralmente mais baixo do que em outras partes do Reino Unido, sendo um lugar acessível para se viver. No entanto, depende qual cidade você fará essa comparação de custo. Edimburgo é a cidade mais cara para se viver na Escócia, mas oferece mais oportunidades e a cidade é linda.

O valor do salário mínimo é o mesmo da Inglaterra: é £9,50 a hora o que dá uns £1400 limpos no final do mês. Existem alguns trabalhos que pagam o mesmo valor do que em Londres como chefe de cozinha, área de atendimento ao consumidor…

O custo do aluguel pode ser caro e é difícil de alugar, pois há muitos estudantes universitários do exterior, tornando a competição mais acirrada pelos aluguéis baratos! Os preços subiram bastante, antes você pagava um apartamento de 2 quartos 800 libras e agora não sai por menos de 1000.

No vídeo abaixo mostro como é o apartamento onde moro em Edimburgo, clique para assistir

O council tax é o imposto da cidade e custa em torno de 920 a 1400 nas áreas mais comuns, pois depende da região que você mora.
Também houve aumento no valor das compras do mercado, antigamente pagávamos uns 50 por semana e agora sai 70.
Com certeza o maior valor é o do gás utilizado para aquecer a casa. Para quem não fez um contrato de 2 anos como o nosso, pegou um aumento considerável podendo gastar aí 180 libras ou mais por mês dependendo do tamanho da casa.



6 – Distâncias

A distância da Escócia para outras partes da Europa e do resto do Reino Unido pode tornar as viagens mais caras e demoradas. Como a Escócia está localizada no extremo norte do Reino Unido, torna as viagens de trem mais caras. A razão disso é que a Escócia não está diretamente conectada ao resto do Reino Unido por trem e requer uma balsa ou uma longa viagem de carro para chegar nos principais destinos. A linha principal de trem é Londres – Edimburgo com duração de 4 a 5 horas e os preços podem não ser amigáveis sem cartão de desconto ou compra antecipada.

Também há menos voos diretos e mais escalas do aeroporto de Edimburgo, dependendo do destino. No entanto, se você se planejar com antecedência, buscar os dias exatos que os voos operam e comprar cartões especiais de trem, você pode conseguir passagens baratas para viajar para Londres ou voar para diferentes capitais da Europa com custos baixos, como RyanAir e EasyJet. Já voei para o Marrocos por apenas 25, para Milão por 30, todos voos diretos.

vida na escocia vila
Vida na Escócia!

7 – Escoceses são amigáveis

Onde quer que eu vá, fico impressionada com a simpatia e receptividade dos habitantes locais. O povo da Escócia é conhecido por sua natureza amigável e acolhedora.

Pela minha experiência, do Jean e de alguns amigos brasileiros, sentimos que os escoceses são mais amigáveis, fáceis de comunicar, mais calmos e fazem nada ou menos bullying e perseguição no ambiente de trabalho em comparação aos ingleses. Claro que existem diversos fatores e depende muito da sorte também.

Eles são fáceis de conversar, prestativos e pacientes, mesmo que você não entenda o que eles estão dizendo por causa do sotaque ou dialeto. Tenho amigos que não falam inglês muito bem, estão no básico ainda e conseguem se virar bem.

No vídeo abaixo falo mais sobre isso e algumas dicas de trabalho na Escócia, clique para assistir

Até existem oportunidades aque precisam de falantes de português, no entanto, você precisa falar inglês para poder fazer o treinamento e entrevista. Esse era o caso do meu último trabalho, no qual eu atendia brasileiros e portugueses em uma agência de viagens mas precisava saber inglês para aprender tudo sobre a empresa, o sistema e também pedir ajuda aos meus superiores.

É por isso que você precisa estudar inglês e aperfeiçoar a sua fluência na fala se deseja morar fora do país, pois faz toda diferença. Eu conheço um amigo que a namorada possui todo o conhecimento em TI, preenche os requisitos da vaga mas não conseguiu passar da entrevista em inglês. Infelizmente ela perdeu a oportunidade de morar no Reino Unido com visto patrocinado e trabalhar para uma empresa famosa da área de jogos por causa do inglês muito básico.

shaun vlog castelo na escocia blackness
Os Escoceses são amigáveis!

8 – Áreas de trabalho limitadas

Se você não possui uma empresa e gostaria de trabalhar na sua área na Escócia, as oportunidades de emprego podem ser limitadas, especialmente nas áreas rurais. Em grande parte porque muitas áreas rurais da Escócia dependem fortemente de incentivos como agricultura e turismo, que podem não oferecer tantas oportunidades de emprego quanto mais diversificadas encontradas em cidades maiores, como Glasgow, Edimburgo ou Inverness. Além disso, pode ser ainda mais difícil encontrar emprego e devido ao isolamento, já que muitos das vilas não têm acesso fácil às principais vias de transporte.

9 – Saúde pública mas demorada

O sistema de saúde na Escócia é gratuito para os residentes e é chamado de NHS. Claro que você paga uma parte com o seu salário porque é debitado diretamento pelo governo. Você pode ver quanto você paga no seu contracheque. O problema é que é difícil encontrar um GP para se registrar, GP é a clínica. Muitos GPs abrem apenas o registro para um dia e apenas 10 pessoas podem se registrar naquela semana. Às vezes, você precisa se registrar em um GP que está longe de sua casa.

O atendimento médico na Europa no geral é direto, não tem um tratamento preventivo. No caso, você não faz exames pra saber se está doente, faz depois que já está doente hehe

comida na escocia haggis
Um típico café da manhã escocês

10 – Comida mais gostosa

A Escócia é o lar de muitas comidas e bebidas locais deliciosas, incluindo uísque, haggis e biscoitos amanteigados (shortbread). Vejo que as opções de comida aqui são mais frescas e saborosas do que as da Inglaterra e são mais acessíveis.

Nas cidades maiores você tem acesso a diversos tipos de restaurantes, no entanto, ficará restrito aos pratos tradicionais de pub nas cidades menores como: fish and chips, torta de carne, haggis e por aí vai. Para dar uma variada no cardápio e se alimentar saudável é preciso cozinhar em casa.

Claro que teve aumento dos preços dos alimentos no supermercado, no entanto, foram de centavos (pences). Não subiu tanto como no Brasil por exemplo.

Veja os preços das coisas no supermercado na Escócia no vídeo abaixo

Apesar desses desafios, estou gostando dessa experiência de morar na Escócia. Tem muita coisa que eu gosto morando aqui e claro que existem as partes ruim como não poder usar chinelo e vestidinho todo dia kkkk Claro que ainda preciso me adaptar em algumas coisas, mas não me imagino morando em outro lugar da Europa.

O que achou dos pontos positivos e negativos sobre Morar na Escócia?

Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

CHIP VIRTUAL DE INTERNET
Tenha conexão em qualquer lugar com o chip virtual de internet da Holafly! Leitores do Apure Guria ganham 5% de desconto!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here