O que fazer em Edimburgo: roteiro de 3 dias com atrações grátis

27
348

Tem muita coisa legal para fazer em Edimburgo, a capital da Escócia! Além uma arquitetura de cair o queixo, Edimburgo reúne diversos museus, monumentos importantes e Whisky é lógico!

Você ver praticamente todas as atrações em 3 dias antes de continuar sua viagem para Glasgow (a maior cidade da Escócia) ou para as Highlands. Neste roteiro em Edimburgo listei os principais pontos turísticos e quase todos eles são gratuitos! Confira mais no vídeo sobre Edimburgo!

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

O que fazer em Edimburgo em 3 dias

Dicas básicas para visitar Edimburgo

Visto para visitar a Escócia

A Escócia faz parte do Reino Unido, então não há fronteiras físicas ou outro tipo de imigração em voos domésticos. Você provavelmente chegará no Reino Unido por Londres, onde você ganhará o carimbo (visto) para poder visitar os 4 países integrantes: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Por do sol no centro de Edimburgo
Por do sol no centro de Edimburgo

Lembrando que se você for sair do Reino Unido para França, Irlanda ou outro país da Europa, fará a saída automática, ou seja, não ganha carimbo na saída.

A imigração pode ser um pouco chatinha, então recomendo dar uma olhada neste post com dicas e documentos para passar na imigração na Europa e também Inglês no aeroporto, avião e imigração: frases e expressões mais comuns.

Moeda da Escócia

A Escócia usa a libra esterlina, assim como todos os outros países integrantes do Reino Unido. As notas são ligeiramente diferentes das usadas na Inglaterra. Quase todos os lugares aceitam cartão.

Leia também: 10 coisas para saber antes da sua viagem para Escócia

Transporte em Edimburgo

No centro histórico de Edimburgo (Old Town) estão quase todas as atrações turísticas. Você faz praticamente tudo a pé!


No entanto, alguns hotéis e Airbnbs ficam mais longinho e pegamos um busão para ir ao centro. Cada trajeto custa £1,70 e se você usar bastante, irá pagar apenas £4 (usando o cartão contactless, tarifa diária daily ticket). O ônibus aceita moedas também, desde que leve na quantidade certa, pois não dá troco. Outra opção é comprar um cartão gigante de raspadinha (é sério!) para usar o dia todo. Aí você raspa o dia, mês e ano que vai usar.

transporte em edimburgo bus tram
Tram e ônibus são os meios de transporte mais comuns em Edimburgo

A rodoviária e estação de trem de Edimburgo ficam bem na área central então dali pode ir caminhando até o seu hotel. A cidade em si é pequena. Existem armários para guardar a sua mala na rodoviária, custa 6 libras para o dia inteiro.

Do Aeroporto de Edimburgo para o centro

Para quem chega de avião, o aeroporto de Edimbugo fica a 12km do centro. Neste caso sugiro pegar o ônibus Airlink que funciona 24h e demora em torno de 30 min para chegar ao centro. Um trajeto custa £4.50 ida e volta £7.50. Também para em Murrayfield Stadium e Edinburgh Zoo. Você pode comprar o transfer aqui e reservar seu horário com antecedência.

Outra possibilidade é pegar um tram que atua das 6:18 às 22:48h. Ele chega em meia hora no centro e custa £6.00 ida ou £8.50 ida e volta. Passa pelo financial district, Murrayfield Stadium e nas estações de trem Edinburgh Gateway, Edinburgh Park, Haymarket e St Andrew Square (para Waverley).

Veja com é viajar de trem na Escócia

Onde comprar kilt

Uma das peças mais procuradas e famosas da Escócia é o kilt! A famosa saia escocesa faz parte do traje tradicional há séculos e usado no dia a dia por homens (antigamente) e em ocasiões formais como casamentos…

A palavra kilt tem origem numa palavra escandinava kilte que significava “enrolar-se”. Há tempos atrás, os escoceses usavam um tecido comprido para enrolar na cintura e jogar por cima de um ombro.

onde comprar kilt em edimburgo arthurs seat
Vestida de kilt com bolsinha e tudo!

Com o passar do tempo, o tecido virou um tipo de saia com pregas nas costas e estampas únicas chamadas de tartan. Cada família e clan possuia uma combinação própria de cores e xadrez. Até a Lady Di tem o seu próprio tartan!

Como a saia não possui bolsos, é comum pendurar uma bolsa de couro, geralmente coberta de pêlos ou crina, chamada sporran.

Diz a lenda que os homens não usam cueca por baixo do kilt ahushsu

Há diversas lojas vendendo kilts pela cidade, alguns bem caros devido ao tecido usado, normalmente os de lã são mais caros. Muitas vezes a loja tem uma filial “mais baratinha” e uma mais “phyna” sendo que os produtos são os mesmos com diferentes preços.

Se você quer economizar, sugiro a Heritage Of Scotland na 459-461 Lawnmarket, Edinburgh EH1 2NT. Nós pagamos £35 no kilt do Jean, £30 no meu (ambos com tecido sintético) e £35 na bolsa. Os alfinetes com espadinha custam em torno de £7.

Loja de kilt em Edimburgo
Loja de kilt em Edimburgo

O que fazer em Edimburgo: roteiro de 3 dias

Montei esse roteiro em Edimburgo baseado na minha experiência na cidade, assim como a distância entre cada atração. Assim você não anda muito e aproveita muito mais! Confira no vídeo abaixo:



Dia 1 em Edimburgo

Castelo de Edimburgo

A atração mais visitada da Escócia é este castelo que fica no topo de um morro à vista de todos. Nele acontece diversos eventos como o show de fogos de artifício na conclusão do evento Fringe em agosto. Pura magia!

Por ser o mais visitado, as filas serão longas, então sugiro comprar o seu ingresso antecipado e chegar cedinho para não pegar o vuco vuco. Compre o seu ingresso para o Castelo de Edimburgo aqui.

Você também pode fazer um visita guiada ao Castelo de Edimburgo

entrada castelo de edimburgo
Entrada do Castelo de Edimburgo

O castelo conta com uma partezinha grátis, onde você pode ver as arquibancadas no pátio e a entrada com vista incrível da cidade.

A visita ao Castelo de Edimburgo passa por diversas salas, desde a sala dos monarcas até o hospital, museu de guerra, palácio, biblioteca até a Capela de Santa Margarida.

Castlehill

Essa é a rua que dá o castelo, é uma subidinha cheia de lojas, turistas e escoceses tocando gaita de foles.

Escoceses tocando gaita de foles vestidos com kilt completo!
Escoceses tocando gaita de foles vestidos com kilt completo!

Nessa rua ficam várias lojas famosas como a Tartan Weaving Mill que possui muitos artigos em vestuário lindos (e carésimos) e a Scotch Whisky Experience que além de vender várias garrafas de whisky, faz um tour e degustação. Confira mais sobre degustação e tour na Scotch Whisky Experience

O Whisky é a bebida nacional da Escócia e o produto mais exportado do país. Para quem gosta, é uma perdição, já que durante a visita pode ver mais de 3 mil garrafas! Existem 100 distilarias cadastradas na Escócia e garrafas para todos os bolsos: desde 5 a 3300 libras (mais de 15 mil reais!!).

Outra atração visitada nesta rua é o Camera Obscura & World of Illusions, uma atração interativa com ilusão de ótica, luzes e jogos, telescópios e visita virtual pela cidade. Compre seu ingresso Ingresso Camera Obscura e World of Illusions 

Victoria Street

Assism que você chegar na rotatória na frente do The Hub (que parece uma igreja), siga pela direita pela Upper Bow até chegar numas escadinhas e desça; Essa é a Victoria Street, a rua mais fotografada da Escócia com diversos prédios bem coloridos e muitas lojas de coisas do Harry Potter (fãs piram aqui!). Diz a lenda que a autora J. K. Rowling se inspirou nessa rua para criar o Beco Diagonal.

Para quem gosta muito de Harry Potter, existe até um tour guiado do mago em Edimburgo: Excursão a Pé “Magia de Harry Potter” 

lojas coloridas na victoria street rua mais fotografada da escocia
Victoria Street e suas cores chamativas

Essa rua possui dois andares, sendo que o supeior é dedicado aos restaurantes e o inferior às lojinhas. Uma parte da rua faz uma curva e quando chegar na descida dela, volte e olhe! Ela é extremamente bonita!

casal de kilt edimburgo escocia
Vista da Rua W que dá para a Victoria Street

Grassmarket Square

Nessa praça comprida ficam diversos restaurantes e lojas e é um mercado histórico que funcionu desde 1477 sob a autorização do Rei James III. Era usado como ponto de encontro para trocar mercadorias e haviam diversas tavernas e hospedarias até 1911.

Em 1660 a Grassmarket ficou conhecida pelas execuções públicas, na qual havia enforcamentos todos os dias até 4 de fevereiro de 1784. Baseado nisso, o pub chamado The Last Drop foi inspirado na última bebida que os condenados à morte bebiam antes de serem mortos na praça. Também faz referência à queda (drop) dos enforcados ao abrirem o chão, o alçapão.

Se tiver sorte pode ver algumas barraquinhas vendendo coisas antigas.

Dali você pode ir numa ruela com alguns degraus chamada the Vennel (quase no final à esquerda) para ter uma vista bem legal do castelo e uma composição incrível para foto.

lugares fotograficos edimburgo vennel
Eu amei esse ângulo de Edimburgo!

Um dos muros dessa ruela é da antiga muralha do século 16 chamada de Flodden Wall. Foi construída para evitar futuras invasões inglesas e evitar contrabando na cidade. O nome veio da batalha de Flodden, a maior batalha entre o Reino da Escócia e Reino da Inglaterra, na qual o Rei James IV é morto e os escoceses são derrotados.

Princes Street Gardens e rua das compras

Da Grassmarket siga pela rua King’s Stables ao lado da Edinburgh Kiltmakers até passar por um túnel e chegar no Princess Street Gardens.

Esse parque fica na base da colina do Castelo de Edimburgo e é bem organizado com uma fonte verde com detalhes dourados e um relógio todo florido. Quando visitei estava cheinho de suculentas, uma das minhas plantas favoritas. Ele fica ao lado da estação de trem e a principal rua das compras está ao seu lado.

Fonte verde da Princes Gardens e Castelo ao Fundo no topo da Colina
Fonte verde da Princes Gardens e Castelo ao Fundo no topo da Colina

Na Princes Street você encontra as principais lojas como Primark, Boots, Gap, Dr Martens, H&M, TopShop… e também alguns monumentos legais como a Roda Gigante e o Scott Monument, um monumento de 60 m de altura que parece uma espaçonave vista de longe aheuahe Trata-se de uma torre gótica dedicada ao escritor escocês Sir Walter Scott e você pode subi-la para ver a cidade.

Se o dia estiver bonito para um por do sol maravilhoso, sugiro caminhar até a ponte North Bridge que passa em cima da estação para ver esse cenário espetacular de Edimburgo.

Lembre-se que para visitar a Europa é obrigatório SEGURO VIAGEM. Ele te ajuda a solucionar problemas como cancelamento de voo e mala extraviada e caso você precise de atendimento médico como consulta, exame e até cirurgia. Eu uso e recomendo a Real Seguros! Leitores do blog tem desconto de 10%, aproveite!

Dia 2 em Edimburgo

Calton Hill

Vamos começar o dia por um dos lugares mais encantadores da cidade: o Calton Hill! Trata-se de uma colina com alguns monumentos importantes, considerados patrimônios mundiais da Unesco e uma vista legal da cidade. É muito fácil de chegar, são apenas alguns degraus.

pontos turisticos em edimburgo calton hill
Vista e monumentos no Calton Hill

Foi usado desde 1400 para eventos e festividades medievais, porém durante o século 17 foi usado para execuções públicas, juntamente com o Grassmarket.
Ele foi comprado pela Câmara Municipal de Edimburgo em 1724 e transformado em um dos primeiros parques públicos do Reino Unido.

Os monumentos do parque foram criados durante um período de ouro da Escócia chamado de “Scottish Enlightment” quando houve muitos avanços científicos, literários e artísticos liderados principalmente pelo filósofo David Hume.

Aqui você tem uma vista 360 graus da cidade, especialmente se subir a Torre chamada Monumento de Nelson, dedicado a Horatio Nelson que morreu liderando sua esquadra a vitória na Batalha de Trafalgar em 1805. São 143 até o topo e um telescópio e também um mecanismo sincronizado com o disparo do canhão do Castelo de Edimburgo que derrubava uma bola gigante avisando o horário para os navios lá no Leith Harbour.

Ao fundo está um dos principais pontos do Calton Hill: o Monumento Nacional da Escócia, uma acrópole dedicada aos escoceses que morreram durante as guerras napoleônicas. É um monumento inacabado.

Aqui também fica o primeiro Observatório da cidade e o Dugald Stewart Monument.

Como já havia mencionado neste post 5 festivais alucinantes ao redor do mundo um dos eventos mais marcantes e diferentes da cidade é o Beltane Fire Festival que acontece todo 30 de abril. Há algumas danças, cantos e fogo que marcam o início do verão. Beltane Festival começa com uma procissão, um desfile guiado pela May Queen e Green May, com muita dança, comida, bebida e música. Até chegar à fogueira, há um teatro e muita gente fantasiada que conta a história de guerra, morte, ressurreição..e claro fogo!!

beltane fire escocia festivais alucinantes ao redor do mundo (2)
Monumento Nacional da Escócia durante o Beltane Fire. Foto de Daniel Rannoch

Dali é uma caminhadinha curta até a próxima parada: o Parlamento!

Parlamento Escocês

Um dos prédios mais diferentes e bonitos que já vi, o Parlamento Escocês é uma pedida legal para quem quer saber um pouco mais da Escócia. A entrada é gratuita, basta passar pela segurança (não tem problema levar mochila) e a visita é guiada ou não. Há alguns painéis explicando o sistema parlamentar e a construção do prédio.

Lateral do prédio do Parlamento Escocês
Lateral do prédio do Parlamento Escocês

Palácio de Holyrood

Do outro lado do Parlamento fica o Palácio de Holyrood, onde a rainha Eliabeth II passa os verões. A visita é paga, custa 18 libras e dá direito a conhecer os jardins e salas com um guia de áudio. Compre o seu Ingresso Palácio de Holyroodhouse aqui.

Arthur’s Seat

A montanha vista ali do lado era um antigo vulcão, mesmo não tendo mais sua forma característica em cone ahheuhaeu É o ponto mais alto de Edimburgo e perfeito para ver o nascer ou por do sol.
Toda essa área verde é chamada de Holyrood Park, ótimo lugar para caminhada e ver alguns laguinhos.

Dia 3 em Edimburgo

Museu Nacional da Escócia

O museu mais importante da Escócia reúne diversos artefatos interessantes desde moedas super antigas até a ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado com sucesso do mundo! É um museu que abrange a histórica da Escócia, escoceses em outros países como Austrália, Índia e por aí vai e também história natural (já que você pode ver alguns fósseis de dinossauros, meteoritos…). Entrada grátis!

entrada museu nacional da escocia edimburgo
Interior do Museu Nacional da Escócia

Achei muito interessante visitar a parte que conta sobre os tartans dos kilts e como esse traje não era muito bem visto no início, já que a Inglaterra sempre estava em guerra com a Escócia. Teve um tempo que o traje foi proibido e depois da unificação um rei decidiu usá-lo para facilitar a comunicação e estreitar laços.

fossil tiranossauro rex museu nacional da escocia
Fósseis de dinossauros na parte natural do Museu Nacional da Escócia

Você pode subir no último andar do Museu para ter uma vista legal da cidade!

Cemitério Greyfriars

Pode ser um pouco macabro visitar um cemitério durante a sua viagem Edimburgo, porém existe uma razão para isso: o cachorrinho Bobby da raça Skye terrier. Ele guardou o túmulo do seu dono por 14 anos sendo que ele viveu 16! Todo dia ia lá e ficava ao ladinho de onde seu dono foi enterrado. Ele ganhou um túmulo também quando morreu em 1872 e muita gente deixa gravetos ao invés de flores (já que cachorro gosta mais né). Na frente do cemitério fica a estátua dele. Mas claro que existem um marketing do pub ao lado né, o “cachorro propaganda”.

Cachorro Bobby do Greyfriar's Kirkyard
Cachorro Bobby do Greyfriar’s Kirkyard

Neste cemitério está o túmulo da pessoa que inspirou J.K. Rowling na criação de Tom Riddle (Thomas Riddell), o Voldemort e inimigo de Harry Potter e todos os magos bons.

O Greyfriars Kirkyard é um dos cemitérios mais bonitos da cidade e um dos mais assombrados do mundo. Existem tours dedicados apenas a explorar esse lado de Edimburgo. Diz a lenda que o fantasma de George Mackenzie (Bloody Mackenzie que assassinou diversos seguidores da Igreja Presbiteriana no século 17) ainda perambula por aí à noite.
Dizem que alguns visitantes se machucam ao visitar o cemitério e em 2006 foram 450 ataques documentados, dos quais 140 pessoas desmaiaram.

Elephant House

Na mesma rua do cemitério, a George IV Bridge, fica o restaurante onde J.K. Rowling escreveu boa parte do Harry Potter. Também é um café, mas é meio difícil conseguir uma mesa já que ficou super famosa por causa da autora, então lota rapidinho.

Leia também: A Londres de Harry Potter: 11 lugares imperdíves para fãs

cafe harry potter edimburgo elephant house
Elephant House onde J.K. Rowling escreveu Harry Potter

Ao invés de passar um tempão na fila, recomendo comer no The Outsider, um restaurante top da balada ali pertinho. A entrada não empolga muito, mas vou dizer que a comida é boa demais!

Catedral St Giles

Caminhando até o final da rua e virando à direita, você chega na Catedral de Santo Egídio, a mais importante da cidade e dedicada ao padroeiro. A visita é gratuita (mas aceitam doações) e a arquitetura é muito bonita: com colunas bem reforçadas, vitrais coloridos e algumas partes de madeira com todo os modelos de bandeiras da Escócia.

Interior da Catedral de St Giles
Interior da Catedral de St Giles

Como esse será seu último dia em Edimburgo, recomendo fazer um pub crawl! Trata-se de um grupo que percorre alguns bares na cidade e você ganha um drink em cada um. Confira mais detalhes aqui Pub Crawl de 4,5 Horas em Edimburgo.

Vai ficar mais dias na Escócia?

Caso fique mais alguns dias em Edimburgo, recomendo fazer alguns passeios de ida e volta como:

  1. Visitar Glasgow, a maior cidade da Escócia
  2. Fazer uma Excursão ao Lago Ness, Glencoe e Highlands 
  3. Lago Lomond, Trossachs e Castelo de Stirling 

Onde comer em Edimburgo

Nós comemos em 4 lugares diferentes na cidade, mas há muitas outras opções para todos os gostos e bolsos.

Como comentei acima, recomendo muito o The Outsider (George IV Bridge, Edinburgh EH1 1EE). Ele possui diversos pratos diferentes a partir de 7 libras, as porções são médias e muito gostosas.

Burgers and Beers Grillhouse (192A High St, Edinburgh EH1 1RW) serve hamburguers muito gostosos por 10 libras e o ambiente é bem legal. Possui lugares com tomadas para recarregar o celular.

onde comer em edimburgo outsider
Prato no restaurante The Outsider

A outra opção é Bertie’s Proper Fish & Chips (9 Victoria St, Edinburgh EH1 2HE) que serve peixe frito com batata, um prato bem tradicional do Reino Unido. Eu particularmente não gosto muito, mas achei esses bem gostosos. O preço é mais salgado e até meio pega turista, custa 13 libras. Possui lugares com tomadas para recarregar o celular.

O último é um restaurante japonês Maki & Ramen (29-30 South Bridge, Edinburgh EH1 1LL) que serve pratos quentes como lamen, takoyaki (bolinho de polvo frito) entre outros. Os pratos com lámen são bem reforçados, dá até pra dividir e custam a partir de 11,90.

Para quem quer economizar, vale a pena ir no supermercado Tesco e procurar pelo Meal Deal: um sanduíche ou pasta fria com snack e suco por 3 libras.

The Fudge House (197 Canongate, Edinburgh EH8 8BN) é uma casa especializada em fudge, um tipo de doce de leite bem característico britânico com mistura de frutas como morango e coco por exemplo. O meu favorito é o de pistache.

Assista agora todos osvídeos de viagem no Reino Unido no Youtube! Eu dou mais dicas de economia, mostro as cidades de forma divertida e as principais atrações!

Onde ficar em Edimburgo

A melhor localização para ficar em Edimburgo é procurar hotéis ou hostels que fiquem no centro histórico. Aqui listei alguns opções legais:

  1. Haystack Hostel 8,7 $
  2. CoDE Pod Hostels – THE CoURT 9,3 $$ hostel magnífico!
  3. Kick Ass Grassmarket 8,8 $
  4. ibis Edinburgh Centre South Bridge – Royal Mile 8,6 $$
  5. Cityroomz Edinburgh $$ 8,3
  6. Holiday Inn Express Edinburgh City Centre 8,3 $$$
  7. St Christopher’s Edinburgh Original $$$ 7,9

Gostou desse roteiro em Edimburgo Comente!

O que fazer em Edimburgo, capital da Escócia

Leia mais sobre o Reino Unido!

O que fazer em Bath: dicas e melhores atrações

Dicas para visitar Stonehenge no Solstício de Verão 

Por que o Brasil é melhor do que a Inglaterra 

O que fazer em Cardiff: guia de viagem completo!

Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

CHIP DE INTERNET
Não fique sem conexão durante a viagem! Conheça o chip de internet 4G EasySim4U com frete grátis!

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

AIRBNB
Alugue apartamentos ou quartos com preços especiais, ótimos para quem viaja em grupo! Reserve no Airbnb e ganhe R$180 de desconto na sua primeira hospedagem.

DINHEIRO NO EXTERIOR
Com Transferwise você economiza dinheiro durante o intercâmbio ou morando em outro país. Veja como transferir dinheiro para o exterior.

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

ALUGUEL DE CARRO
Alugue um carro para sua viagem nas melhores locadoras e pague em 12x sem juros e sem IOF com a RentCars!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

Travel blogger e designer aspirante à muitas coisas e com PhD em zuera, não dispensa uma aventura cheia de desafios e tragédias. Nas horas vagas joga games, canta e planeja as próximas viagens.

27 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal o post! Vou salvar aqui pq Edimburgo com certeza está na minha wishlist de viagem! Ah, adorei as fotos com o kilt hehehe trabalhei em um hotel inspirado na Escócia e o kilt era meu uniforme de todos os dias hehehe

  2. Hahaha… que fotos mais azuis! 😮 Nós fizemos um bate e volta muito rápido para Edimburgo, precisamos voltar, bastante lugares da sua lista para conhecer.

  3. Eu ameeeei Edimburgo! A Câmara Obscura é muito sensacional, que lugar! Aliás, que cidade mais maravilhosa. Deu vontade de voltar e ficar uns 30 dias 😛

  4. Cheguei a esse post na hora certa. Estou esboçando uma viagem pelo Reino Unido, ainda no começo dos planos mas é assim que a viagem acontece né? Pensei em 2 dias em Edimburgo, você acha que fica muito corrido? Gostei tanto das suas dicas mas não teremos muitos dias, queria esticar o que desse :).

  5. Eita que nesse roteiro em Edimburgo tenho certeza que a nossa primeira parada seria na Victoria Street, os fãs de Harry Potter da família não conseguiriam esperar. E não é que é parecido com o beco diagonal mesmo!. Gostei muito das atrações, boas dicas.

  6. Eu quero voltar pra Edimburgo porque fui há muito tempo no frio, só peguei chuva e não consegui curtir nada… Pelo seu post a cidade está me parecendo muito mais legal! E óbvio que vou comprar um kilt também quando eu for hehehehe

  7. Que roteiro massa! Amei a rua Victória Street, parece um encanto, eu iria me acabar de tanta foto…. E você também ficou ótima com a saia escocesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here