Por que as cidades britânicas tem nomes tão difíceis?

0
760

As cidades britânicas são verdadeiras armadilhas para turistas. A Inglaterra, País de Gales e Escócia tem várias cidades com nomes muito diferentes e que nem sempre são pronunciadas como vocês imaginam. A primeira vista parecem fáceis, mas a pronúncia vai contra as regras do que a gente aprende nas aulas de idiomas.

Vamos lá, tenta aí comigo, vamos passar vergonha juntos!

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube
  • Worcester: lê-se UÓSTA
  • Cholmondeley: lê-se tchamly
  • Frome: lê-se Frum que é a cidade do Reino Unido com o nome mais difícil e que nem os ingleses acertam

Mas por que isso acontece? Assista o vídeo!

Por que as cidades britânicas tem nomes tão difíceis?

O Reino Unido foi colonizado por diversos povos que deram nome aos lugares se baseando em rios, morros, vales… Então você consegue ver isso no nome da cidade como por exemplo

  • Stoke on Trent (minha cidade): stoc do inglês antigo que significa assentamento no rio Trent
  • Exmouth: a boca do rio ex
  • Cambridge: Ponte do rio Cam
  • Oxford: passagem de bois
  • Bath: banhos (sim tem uma cidade chamada banhos por causa dos banhos romanos)

Só que não foi apenas um povo que morou no território, foram celtas, pictos, romanos, normandos, anglo saxões, vikings… e cada um tinha uma forma de pronunciar as palavras na própria língua. Sem falar que traduziam os nomes das cidades, muitas vezes pronunciavam de forma errada, simplesmente não entendiam ou adicionavam mais palavras. Por que não né? Um exemplo é Ashby-de-la-Zouch em inglês, escandinavo e francês.

Assista o vídeo para ouvir a pronúncia correta, dá o play!

Primeiras Influências registradas

As influências mais antigas tem origens celtas, as tribos que chegaram 800 anos antes de Cristo e que foram divididas em dois grupos: ao norte falavam Goidleic (goedélic) que deu origem ao gaélico e no sul que falavam Brittonic. Muita coisa ainda tem nome celta, principalmente os rios como Avon, Trent e o próprio Tâmisa em Londres. Cidades com sufixos Aber, Bryn, Loch e Tre também tem origens celtas.

Temos uma influência forte do gaélico tanto na Escócia quanto no País de Gales. Em alguns lugares eles ainda falam gaélico e as placas nas estradas possuem dois idiomas. Aqui também fica uma das cidades mais difíceis de pronunciar do mundo que é Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrdrobwllllantysiliogogogoch.


cidade com maior nome do mundo
Cidade no Reino Unido com o nome mais longo

É o lugar com o nome mais longo do Reino Unido e significa Igreja de Santa Maria do lago das aveleiras brancas próximo redemoinho da igreja de São Tysilio da caverna vermelha.

Influências romanas permanecem até hoje

Aí os romanos chegaram uns 700 anos depois com seus influências latinas e colocaram o sufixo caster, ceaster, chester ou xeter em quase todas as cidades romanas e castra para campo ou forticação. Com o tempo a pronúncia ficou totalmente comida, muita gente tinha preguiça né como em Gloucester (glostá), Worcester (uósta) e Winchester (winchesta)

Anglo saxões definiram os nomes ao sul da Inglaterra

A partir do século 6 chegaram os anglo saxões com suas origens germânicas que nomearam praticamente todo a parte sul e central da Inglaterra. Cidades que terminam em ham, bury, ford, ton, wick por exemplo foram nomeadas por estes povos. Como a cidade que eu morava Newbury, novo assentamento, ou Buckingham ou lar dos Beormingas. Greenwich (grênwich) significa porto verde.

Os anglo saxões influenciaram na criação dos condados no Reino Unido, visível pela palavra shire com o significado divisão ou parte. Sozinha ela tem uma pronúncia e acompanhada outra, como é ao caso de Berkshire ou Shropshire.

invasao anglo saxao inglaterra
Invasão dos Anglo Saxões na Grã Bretanha

Chegada dos vikings e mudanças na pronúncia

As cidades foram mudando um pouco de nome durante os séculos, já que os povos conquistadores tinham um pouco de dificuldade para falar os nomes locais já naquele tempo, principalmente os vikings. Eles chegaram lá pelo século 8 e já foram alterando os nomes. Um exemplo é Eoforwic que significava assentamento de porcos selvagens. Os vikings acharam muito complicado e mudaram para Jörvik, riacho do porco selvagem. Hoje ela se chama York. Outro exemplo é Manchester ou Mancunium como diria os romanos, sendo que primeira parte “mann” vem do bretão que significa morro com formato de peito.

Outras vezes eles mudavam completamente e botavam o nome deles como em Grimsby que significa fazenda do Grimr. Também temos a cidade de Reading que foi nomeada por causa de um homem sábio de cabelos vermelhos chamado Reada e não o verbo to read que significa ler.

Domínio francês na influência dos nomes

Em 1066 chegaram os normandos, povos da França que dominaram a Inglaterra por anos e também nomearam várias cidades com os próprios nomes. Como é o caso de Ashby-de-la-Zouch, a vila de Ashby que foi dada a família Ashby de la Zouch e Newton Burgoland (bãrgoland), a nova cidade dos Burgilons.

Durante essa época se falava francês entre governantes na corte e no Parlamento por exemplo, mas entre as pessoas comuns, remanescentes dos povos anglo saxões, escandinavos e celtas, o idioma inglês se desenvolvia e se misturava com o francês. O inglês só voltou a ser falado pela corte no século 14 e no parlamento no século 15.

No mapa abaixo você consegue ver as cidades britânicas e origens dos seus nomes:

Mapa com Origem dos nomes das cidades britânicas
Mapa com Origem dos nomes das cidades britânicas

O humor ao nomear cidades britânicas

Também existem cidades que revelam o quão difícil é morar nelas, cidades que são difíceis de prosperar digamos assim. Temos a vila Pity Me perto de Durham que significa “coitado de mim” e ainda uma Linger and Die (permanecer num tempo muito maiso que o necessário e morra).

Uma mais infeliz ainda é Shitterton (shítertân) que era rio com um esgoto a ceu aberto. Ainda temos alguns mitológicos como Purbrook (pãrbrík) que significa riacho assombrado por goblins ou ainda Little Snoring, um pequeno cochilo.

cidades britanicas com nomes dificeis
Placas das cidades britânicas com nomes engraçados

Então viajar pelo Reino Unido é encontrar morros e rios com nomes celtas, cidades com origens romanas e anglo saxãs, pisar em territórios escandivaos até passar pela nobreza francesa. Todas formando o inglês, um dos idiomas mais falados do mundo.

Espero que vocês tenham gostado desse artigo com curiosidades e a história do por que as cidades britânicas tem nomes tão difíceis!

Leia mais artigos:



Vida na Inglaterra: 10 Coisas que não entendo

Por que as mulheres da Inglaterra são laranjas?

Dentista na Inglaterra: por que ingleses tem dentes tortos?

Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

AULA DE IDIOMA COM PROFESSOR NATIVO
Aprenda qualquer idioma em casa com aulas virtuais e preços acessíveis. Ganhe 10 USD de desconto na sua primeira compra na plataforma do Italki!
CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here