O que fazer em Florença: roteiro de 3 dias

23
1050

tanta coisa para fazer em Florença que é necessário organizar bem a sua viagem para aproveitar ao máximo! Eu já fiz 3 viagens a Florença e cada vez foi diferente, simplesmente amo essa cidade!

Florença é a capital de uma das regiões mais visitadas da Itália e ponto inicial para começar um roteiro pela Toscana.  Aqui viveram artistas mundialmente conhecidos como Da Vinci, Michelangelo…Florença é a terra das artes e dos gênios, abriga muitos tesouros artísticos da humanidade da Unesco. São tantas galerias, praças incríveis e palácios por todo canto que fica difícil não se apaixonar.

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Confira este roteiro em Florença  e assista também o vídeo do que fazer em Florença

O que fazer em Florença: as principais dicas

Florença foi fundada em 59 a.C e floresceu durante o Renascimento Italiano, onde Dante, Michelangelo, Da Vinci e a família Medici surgiram para mudar completamente a história. A cidade desafiava de frente Roma e o Papa numa época na qual a religião deveria estar acima de tudo.

Florença tornou-se capital da Itália durante a unificação entre 1865 a 1870 e várias mudanças ocorreram nessa cidade nesses anos.

mulher no carrossel da piazza repubblica em florenca

Melhor época para visitar Florença

Eu particularmente gosto da primavera entre os meses de abril a junho, quando é quentinho mas não muito e não tem tanta gente. Na alta temporada (julho e agosto) há muita gente, a cidade ferve nos 40 graus do verão italiano e fica impossível achar ingressos, então compre tudo online com antecedência. Durante o inverno as temperaturas ficam baixas, mas raramente negativas e os dias são mais curtos.

Como chegar em Florença

Florença possui o Aeroporto Amerigo Vespucci com voos de cidades europeias. Dali é só pegar um tram no valor 1,50 euro até o centro da cidade. Se for alugar um carro, é aqui que você irá pegá-lo. Confira Dirigir na Itália: documentos e dicas para alugar carro


Você também pode chegar de trem na Estação de Santa Maria Novella, a principal da cidade e que fica bem central. Veja o Guia de Trem na Itália: como viajar, aplicativos e preços

Nós fomos de bus e há duas paradas: dê preferência para perto da estação de trem (Montelungo) ou vai cair la ná longe na Scandicci, uma cidade próxima. Aí você precisa pegar um tram 1,50 euro em direção ao centro.

tipos de transporte em florença
Usar o transporte em Florença é fácil e barato.

Você pode explorar Florença a pé tranquilamente, tudo fica muito pertinho. As linhas de ônibus podem atrasar um pouquinho, custa 1,50 cada ticket e podem ser adquiridos nas bancas de revistas e devem ser validados ao entrar no veículo. Para o tram que vai até o aeroporto ou a parada de ônibus para outras cidades, o preço é o mesmo.

Onde ficar em Florença

A cidade é cheia de hotéis pequenos, bem antigos e com elevadores estreitos, então é bom pesquisar bem antes de fechar a reserva. A região em volta da estação de trem Santa Maria Novella é muito procurada e bem barata, já me hospedei duas vezes ali. O Hotel Aline é bem pequeno e familiar, mas compensou pela localização e preço. Dependendo a época, Florença pode ser muuuito cara!

Na última vez que visitei Florença fiquei no Camping Firenze, um lugar bem legal e com chalézinhos e perfeito para quem está explorando a Toscana de carro ou motorhome, ou até forma econômica hahah Passear de carro em Florença é um inferno, pois é proibido passar em várias ruas e quase não tem estacionamento. O camping fica bem afastado, mas compensa pelo preço e só pega um ônibus para o centro.

vista da piscina do hotel em florenca
Onde se hospedar em Florença: Camping Firenze

Outras opções interessantes de onde se hospedar em Florença são:

Lembre-se que para visitar a Europa é obrigatório SEGURO VIAGEM. Ele te ajuda a solucionar problemas como cancelamento de voo e mala extraviada e caso você precise de atendimento médico como consulta, exame e até cirurgia. Eu uso e recomendo a Real Seguros! Leitores do blog tem desconto de 10%, aproveite!

Quantos dias para visitar Florença?

Florença não é uma cidade para se fazer tudo correndo, há tanta coisa maravilhosa para se aproveitar que não dá pra visitar sem admirar o caminho. Você precisa de no mínimo 2 dias completos para visitar as atrações principais, mas 3 são suficientes para fazer com folga e bem aproveitado.

Além disso, você pode fazer alguns bate e volta de um dia para cidades famosas da região:

Pisa e Lucca: a Torre de Pisa chama muita gente para conhecer esta cidade à uma hora de distância de trem. Você embarca na estação Firenze S.M. Novella até Pisa Centrale. O trajeto custa em torno de 9 euros e sai trem a cada 30 minutos. Confira O que fazer em Pisa na Itália: roteiro de viagem

Lucca já encanta por seu centro histórico e o melhor sorvete que tomei na Itália! Fica do ladinho de Pisa e ambas podem ser visitadas em um dia.

Siena: esta cidade medieval é uma das minhas preferidas da Itália, é fácil chegar de trem e o valor é quase o mesmo para Pisa. Dá pra fazer tudo a pé em Siena, visitar o centro histórico todo laranja e a praça onde acontece o Palio, um evento de 700 anos com corrida de cavalos. Leia mais aqui: O que fazer em Siena Itália: roteiro e Palio

cupula de florença vista da piazza della signoria
Florença é linda demais!

Roteiro de 3 dias em Florença

No vídeo abaixo mostro todas as dicas para visitar Florença e todos os lugares citados aqui

Resumo do roteiro:
  • Dia 1: Galeria Dell’Accademia, Duomo de Florença,Piazza della Signoria, Ponte Vecchio
  • Dia 2 Galleria degli Uffizi, Palazzo Pitti e Jardim Bóboli e Piazzale Michelangelo
  • Dia 3 Piazza della Repubblica, Basilica di San Lorenzo, Basilica di Santa Croce e Museo Archeologico Nazionale

Roteiro em Florença: primeiro dia

Galeria Dell’Accademia

Comece a viagem em Florença visitando a Galeria Dell’Accademia, onde fica a famosa Escultura de Davi criada por Michelangelo. É um museu super pequenininho e que vale apenas para admirar essa obra, eu fico chocada como alguém consegue expressar tanta beleza com perfeição numa pedra de quase 6 metros de altura. Fico imaginando a quantidade de horas e cuidados para fazer cada detalhe dos músculos e veias.



Confira as dicas para vsitar a Galleria dell’Accademia e o David de Michelangelo

Compre aqui o ingresso David de Michelangelo: Entrada com Horário Reservado

escultura davi de michelangelo na galeria dell'accademia em florença
Escultura Davi de Michelangelo

Após a visita, caminhe pela Via Camillo Cavour onde fica a Eataly em direção ao Duomo.

Duomo de Florença

A Basílica di Santa Maria del Fiore levou 6 séculos para ser construída, uma obra imponente e cheia de detalhes que são formam um brilho aos olhos. Há diversos estilos e cores de mármore nas suas paredes.

É considerada patrimônio da Unesco e impossível imaginar Florença sem ela, principalmente por sua cúpula que é vista de longe (se você for mais longe para praça Michelangelo ou pra cidade Fiesole, por exemplo, pode ver o Duomo imponente em toda a cidade!).

lados da duomo de florença
Duomo e Cúpula de Florença

A cúpula foi projetada por Brunelleschi de uma forma genial de forma que ela sustentasse todo o peso de 25 toneladas sem ser um semi círculo e sem centro definido. O cara era relativamente novo no sistema, chegou a criar máquinas diferentes para que pudesse ser construída e há diversas teorias de como ele chegou a projetar os tijolinhos nas últimas curvaturas acima. 16 anos foram necessários para completer a cúpula. Ele morreu sem deixar nada escrito como ele a finalizou. Veja como ela foi construída a Cúpula do Duomo de Florença neste vídeo da NatGeo 

Pertinho dela está o campanário de Giotto, uma torre com 84 m de altura e abriga 7 sinos gigantes e super pesados, cada um correspondendo à uma nota musical.

É possível fazer uma visita à torre e ao seu interior cheio de vitrais, porém durante o verão é praticamente impossível devido as filas! Por isso recomendo pegar o seu ingresso online, aí já tá tudo garantido e não perde tempo durante a sua viagem:

  1. Ingresso Cúpula do Duomo de Florença: Tour 1h e Entrada Prioritária
  2. Tour meia hora e Ingresso Sem Fila para Duomo

Como a catedral fica bem no meio do centro histórico, fica fácil de chegar.

Aproveite também para ver o Batistério de São João (construído entre 1059 e 1128) e o Museo dell’Opera del Duomo, todos na Piazza San Giovanni.

Caminhe pela Via del Calzaiuoli, uma das principais de Florença para fazer compras com diversas lojas de marcas cohecidas até chegar na Piazza della Signoria.

Piazza della Signoria

Um das coisas que você não pode deixar de fazer em Florença é passar reto pela Piazza della Signoria, onde fica o Palazzo Vecchio e a Torre di Arnolfo, a torre mais alta da cidade. Neste edifício funciona a prefeitura e já na entrada você verá uma estátua de Michelangelo, porém é apenas uma cópia! A original está bem guardadinha na Galeria dell’Accademia.

Palazzo Vecchio na Piazza della Signoria
Palazzo Vecchio na Piazza della Signoria

Obras de Agnolo Bronzino, Michelangelo, Buonarroti e Giorgio Vasari fazem parte da coleção do museu. Você pode comprar o ingresso com áudio aqui: Bilhete Palazzo Vecchio e Guia de Áudio

Ao lado do edifício você verá várias obras numa pequena área chamada Loggia dei Lanzi, um espaço coberto que abriga diversas esculturas e grátis!

Caminhe até o rio para encontrar a ponte mais famosa da cidade.

Ponte Vecchio

Um dos pontos altos desse roteiro em Florença é o por do sol na Ponte Vecchio, simplesmente inesquecível. Esta ponte é considerada uma das mais românticas da Europa e foi construída em 1345 sobre o Rio Arno. Há diversas lojinhas vendendo colares, anéis e outros artigos em prédios do século XVI.
Para vê-la por completo, vale a pena caminhar até a ponte na frente dela chamada Ponte Santa Trinita.

Ponte Vecchio e Casal
Ponte Vecchio é um dos meus pontos favoritos de Florença!

Roteiro em Florença: segundo dia

Galleria degli Uffizi

Uma das coisas que você deve fazer em Florença é visitar o segundo museu mais visitado da Itália (só perde para os Museus Vaticanos) e o mais importante de Florença. A Galleria degli Ufizzi possui uma coleção de obras super famosas como O Nascimento de Vênus e a A Primavera de Botticelli e obras de Da Vinci, Caravaggio, Tiziano e Michelangelo por exemplo. O prédio tem em torno de 500 anos, sendo uma das galerias mais antigas do mundo.

Nascimento da Vênus de Botticelli no museu
Nascimento da Vênus de Botticelli

Eu só consegui visitá-lo na minha última visita à Florença porque comprei o ingresso antecipado. Você escolhe o dia e marca o horário certinho, dê preferência para fazer pela manhã.

Comprei neste site e deu tudo certo: Ingresso com horário marcado Galeria Uffizi

E prepara-se para caminhar muito, mas muito mesmo pois a galera é gigante!

Depois da visita, atravesse o rio e procure alguns dos restaurantes mais locais da região para almoçar.

Palazzo Pitti e Jardim Bóboli

Para a tarde, sugiro visitar essas duas atrações que são juntas. Este complexo abriga um palácio que funcionou como residência real por 3 dinastias (hoje um museu) e um jardim super cuidado e projetado no século 16 (ou seja, também renascentista). O lugar é bem grande, então vá com calma pois o dia é pra caminhar mesmo!
Garanta o seu ingresso para Palácio Pitti e Galeria Palatina!

Piazzale Michelangelo

Para finalizar o segundo dia deste roteiro em Florença, vá até o ponto mais alto de Florença! Fácil chegar a pé, a subida não é difícil e é totalmente grátis. Você enxerga toda a cidade, reconhece a cúpula de longe e a Ponte Vecchio. Aqui há outra réplica da escultura Davi de Michelangelo e é um dos points da Galera para conversar e beber no fim da tarde.

vista de florenca da piazzale michelangelo
Vista da Piazzale Michelangelo em Florença
Assista agora toda a temporada de vídeos de viagem da ITÁLIA no Youtube! Eu dou mais dicas de economia, mostro as cidades de forma divertida e as principais atrações!

Roteiro em Florença: dia 3

Piazza della Repubblica

Nesta praça está o famoso carrossel que aparece em diversas fotos em Florença. Aqui funcionava o mercado na rua durante a Era Medieval e os cafés mais antigos da cidade ficam nesta área.

Aí caminhe em torno de 4 quadras para chegar na Piazza di Madonna degli Aldobrandini onde fica uma igreja famosinha.

roteiro em florença carrossel

Basilica di San Lorenzo

Essa é uma basílica bem discreta com uma praça larga à sua frente, projetada por Brunelleschi e funcionava como igreja privada da família Medici, uma das mais ricas da cidade ainda hoje (as famílias de 1457 mantêm quase o mesmo patrimônio por seis séculos!!!) Dentro dela estão a Capela de Martelli, o monumento sepulcral de Donatello e entrada para Biblioteca Laurenziana de Michelangelo.

Aqui perto fica o Mercado di San Lorenzo e o Mercado Centrale, ótimo para explorar diferentes opções para o almoço!

Basilica di Santa Croce

Nesta basílica estão enterrados grandes nomes italianos Michelangelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini, o que a faz uma das mais importantes do mundo e da Itália!

Museo Archeologico Nazionale

Esse é um achado e poucas pessoas o visitam infelizmente. Há uma exposição etrusca e egípcia muito valiosa e com peças incríveis como Quimera de Arezzo,Kouros Milani e Frontão de Talamon. Ele funciona das 8:30 às 19h e fecha as 14h aos sábados, domingos e segundas.

Museu Leonardo da Vinci

Esse museu é bem interessante e interativo! Possui diversas máquinas em tamanho real baseadas nos estudos dos desenhos de Leonardo Da Vinci. Há algumas réplicas de pinturas e alguns mecanismos para montar e desmontar. O ingresso custa 7 e pode ser comprado online: Ingresso Museu Leonardo da Vinci Sem Fila 

O que comer em Florença

A Gastronomia da Toscana é única e deliciosa! A qualidade dos ingredientes é indispensável e formam pratos simples mas inesquecíveis acompanhados de ótimos vinhos da região.

Alguns restaurantes muito bem recomendados em Florença: Trattoria Mario, L’Osteria Di Giovanni, Eataly… Sempre procure pelos menores longe dos principais pontos turísticos!

  • Bistecca Fiorentina: um bifão enorme da raça de bois chamada Chianina de 3 a 4 cm de altura e mal passado
  • Picci: uma massinha típica da Toscana
  • Pappardelle com molho de javali
  • Ribollita: sopa de repolho, feijão, cebola, cenoura.
  • Panzanella: Pão amanhecido toscano, tomate, pepino, folhas, cebola roxa, manjericão, azeite, vinagre de vinho tinto, sal.
  • Papa al Pomodoro: sopa de tomate, pão, manjericão, azeite, pimenta e sal
  • Pizza: sempre né!
  • Gnudi: massinha de ricotta e espinafre
  • Cacciucco: sopa de peixe com crustáceos e moluscos, geralmente polvo e mexilhão, molho de tomate, amendôas e vinho.
  • Rosticciana: costela de porco assada
  • Pecorino toscano: queijo típico da Toscana feito com leite de ovelha
pizza na italia eataly
Pizza na Itália é gostosa demais

Gostou dessas dicas do que fazer em Florença? Comente e veja o vídeo abaixo:

Salve no pinterest

Roteiro de 3 dias em Florença, dicas e atrações

Leia mais sobre a Itália:

Roteiro em Roma de 2, 3 ou 4 dias 

Dicas de Veneza: o que fazer e roteiro 2 ou 3 dias

Como viajar barato pela Itália: dicas essenciais!

Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

CHIP DE INTERNET
Não fique sem conexão durante a viagem! Conheça o chip de internet 4G EasySim4U com frete grátis!

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

AIRBNB
Alugue apartamentos ou quartos com preços especiais, ótimos para quem viaja em grupo! Reserve no Airbnb e ganhe R$180 de desconto na sua primeira hospedagem.

DINHEIRO NO EXTERIOR
Com Transferwise você economiza dinheiro durante o intercâmbio ou morando em outro país. Veja como transferir dinheiro para o exterior.

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

ALUGUEL DE CARRO
Alugue um carro para sua viagem nas melhores locadoras e pague em 12x sem juros e sem IOF com a RentCars!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

23 COMENTÁRIOS

  1. Post intensamente interessante, sempre estou acompanhado suas postagens tenho seu blog salvo em meus favoritos em meu navegador.

  2. Ahhhh! Quanta coisa legal pra fazer em Florença! Lembro que quando estive lá, tava rolando um show da Timbalada super caro, daí depois da metade do show o cara liberou pra gente entrar! Kkkkk ! É a única coisa que recordo da cidade! Preciso voltar né? Kkkk

  3. Seu roteiro está super completo! Conheci Florença há alguns anos mas não consegui conhecer tudo isso =( Quero voltar! rs

  4. Fui a Itália neste ano, mas não conheci Florença. Se soubesse do seu roteiro de 3 dias, com certeza teria dado um pulinho para aproveitar este paraíso descrito em seu artigo. Pode ter certeza que irei retornar e irei sem dúvida seguir as suas dicas.

  5. Gente, naõ sabia que Florença era tão incrível! Estava em dúvida se colocava no roteiro ou não, você deciciu por mim hahaha vou fazer esse roteiro de 3 dias, adorei!

  6. Florença mora no meu coração. A família do meu marido é daí, apesar dele não conhecer ninguém (risos).
    É engraçado pois quando a gente abre a lista telefônica tem um monte de “parente”.
    Adorei o post.

  7. Curti demais seu roteiro de 3 dias com o que fazer em Florença! Eu fiquei 1 semana só lá e não dei conta de conhecer tudo! Preciso voltar hahaha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here