Rakotzbrücke: a ponte do diabo na Alemanha

13
222

Rakotzbrücke fica pertinho de Kromlau na Alemanha e é conhecida como ponte do diabo! Mas não tem nada de acordos, sacrifícios ou mortes não!  O formato da ponte era considerado um milagre da engenharia e por isso atribuíram a obra ao diabo. Mas ambém tem a ver com o reflexo quase perfeito em círculo que forma com a água e remete a um universo paralelo…isso se tiver água ahsush quando fomos estava muito seco! Um lugar muito diferente para visitar na Alemanha, assista o vídeo!

Rakotzbrücke e o parque Kromlau

parque kromlau ponte do diabo alemanha rakotzbrücke

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Como surgiu o parque Rhododendron Kromlau

O parque foi criado por um cavaleiro chamado Friedrich Herrmann Rötschke (1805-1893), que se inspirou no Bad Muskau, um parque ali pertinho considerado Patrimônio Mundial da Unesco. Ambos foram modelados de acordo com os jardins ingleses e toda sua pomposidade. Em 1889 o parque foi comprado por outra pessoa que adicionou azaléias e rododendros (daí que veio o nome do parque). Após a Segunda Guerra Mundial, o parque foi aberto ao público e é gratuito desde então.

São 90 hectares de diversos tipos de flora e fauna: cipestres, magnólias, cogumelos, passarinhos.. Veja mais detalhes no site Kromlauer Park (em alemão)

Muitos alemães e poloneses visitam o parque, já que fica muito perto da fronteira. Percebemos isso por causa das placas nas duas línguas.

Além do parque, é possível visitar a Mansão Kromlau  (Herrenhaus), onde fica o centro de informações aberto algumas horaas ao dia. Também dá pra se hospedar em um apartamento nesse prédio  e custa em torno de 90 euros a noite.

parques para visitar na alemanha rakotzbrucke

Rakotzbrücke: a atração principal!

Esta ponte não é a única considerada “ponte do diabo” não! Existem várias na Europa e normalmente são as pontes em arco ou em precípicios, construídas principalmente na época medieval. Aí reza a lenda que o diabo só pega a alma da primeira pessoa a atravessar a ponte…Quem atravessou primeiro foi o seu construtor.


Te garanto que a Rakotzbrücke é uma das “pontes do diabo” mais fotografadas, já que possui um reflexo perfeitinho do arco no lago abaixo dele, o Rakotzsee. A tradução literal seria ponte do Rakotz.

A Rakotzbrücke foi toda feita a mão, pedra a pedra lá em 1860 e demorou 20 anos para ser terminada. Algumas pedras são locais, outras vieram da região da Suíça Saxônia (onde fica o Bastei) e algumas da Escandinávia.

ponte do diabo circulo alemanha rakotzbrucke

ponte em circulo de pedra alemanha

O que não fazer no parque Kromlau

Infelizmente não é possível cruzar a ponte, por motivos de preservação e segurança. Há grades na entrada e esse aviso de proibido. Ainda tem gente que faz, mas acho muito tenso!!

Nós ficamos ali embaixo mesmo, acredito que também não podia, mas só vimos a placa depois porque entramos lá pela parte seca do laguinho.

ponte historia alemanha parque suiça saxonia

Do outro lado da ponte tem mais algumas dessas rochas, caminhamos alguns minutos por ali. Notamos que o parque não é tão bem cuidado como deveria, talvez seja pelo fato de não pagar entrada….

pedras parque rakotzbrucke de carro bate e volta de berlimAli no fundo dá pra ver uma versão menorzinha da ponte.

Há algumas mesinhas perfeitas para picnic e várias trilhas pequenas entre as árvores com diversas plantas  e flores diferentes dá pra passar umas 2 horas aí dessa forma. É possível acampar nas áreas designadas.

Se for somente a ponte, uma hora é suficiente.

Como chegar na Rakotzbrücke

A cidade Kromlau é super pequenininha, a rua principal é estreita e o sinal do celular é bem fraco ou inexistente. Não vimos mercados, somente um restaurante e acho que estava fechado ahueahe Vá preparado! Gablenz é a cidade maior e mais próxima.

De carro

O mais conveniente é ir de carro, dá uns 165km de Berlim. A entrada do parque é gratuita, apenas paga o estacionamento (2,50 euros) e caminhando 5 minutos já dá de cara com a ponte.

Fizemos um bate e volta de Berlim e ainda passamos em Bastei, outro parque lindo cheio de formações rochosas muito diferentes da Alemanha! Veja as dicas em BASTEI: COMO VISITAR AS IMPONENTES ROCHAS DA ALEMANHA



De trem

Já de transporte público, o mais fácil é pegar um trem até Cottbus (uma cidade bem charmosinha e com comida boa) e outro para Weißwasser. Depois pegar o busão 257 para Kromlau e caminhar até o parque. Dá em torno de 3 horas para chegar lá.  É mais fácil reunir uma galera e alugar um carro como a gente fez, se não você perde o dia inteiro!

ponte ciculo perfeito alemanha rakotzbrucke

Quando visitar a Rakotzbrücke

Nós fomos em maio e ficamos decepcionados pois o nível da água estava muito baixo e não deu aquele efeito tchaaam nas fotos (maldito photoshop que nos ilude!!!). Sem falar que a pouca água deixava a área muuuito fedida, mas pelo menos conseguimos caminhar entre as rochas.

No outono há mais água e as árvores ficam coloridas, uma época muito boa (setembro e outubro).

Assista o vídeo

salve no seu pinterest

Como visitar Rakotzbrucke em Kromlau na Alemanha, a famosa ponte do diabo do instagram!

leia também

BATE E VOLTA DE BERLIM: POTSDAM E WANNSEE
BERLIM ALTERNATIVA: LUGARES LINDOS FORA DA ROTA TURÍSTICA
ROTEIRO EM BERLIM: O MELHOR EM 2 DIAS
DRESDEN: CHARME E MUITA HISTÓRIA!

 



Viaje com a Angie

Faça sua reserva através dos serviços parceiros do blog!Assim você nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO e continua acessando o blog grátis! Obrigada!

Receba dicas exclusivas no seu email!Receba dicas exclusivas no seu email
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas viagens, descontos incríveis e os melhores lugares para visitar e curtir a vida!

Travel blogger e designer aspirante à muitas coisas e com PhD em zuera, não dispensa uma aventura cheia de desafios e tragédias. Nas horas vagas joga games, canta e planeja as próximas viagens.

13 COMENTÁRIOS

  1. Sempre me divirto com seus vídeos! Mesmo se decepcionando com a ponte a galera não perdeu o bom humor, rsrs. Adorei conhecer mais um cantinho da Alemanha! Beijos.

  2. Se essa foto não está com efeito tcham, então estou realmente muito curiosa para ver como é com o lago mais cheio!!
    Não sei se você vai concordar, mas essa ponte me lembrou aquelas ilustrações de livros de contos infantis… Que lugar lindo!!

  3. As expectativas é que estragam tudo. Podia não estar tão impressionante como nas fotos que viram previamente, mas é um lugar bem interessante.
    P.S. Uma multa a 40 km? Que chato!

  4. Finalmente descobri onde fica essa ponte! Mesmo com pouca água ainda assim a foto ficou linda e dá para ver bem o reflexo da ponte. Adorei saber do lugar.

  5. Que interessante o efeito do reflexo, isso que não estava cheio, né? Achei bonita a ponte, só não teria coragem de subir, parece estreita, hehehe. Ainda bem que é proibido. Pena não ser bem cuidado o parque, mas com certeza um lugar diferente para conhecer.

  6. Não me convence esse nome do diabo não hahahha mas boa a dica da época pra ir, porque achei estranho mesmo que nao tinha tanta agua, me acostumei com aquela foto full espelho photoshopada hahaha

  7. Estava com pouca água porque eles decidiram reformar o local. Começaram a esvaziar aos poucos. Quando eu fui lá já não tinha água nenhuma. Agora no site deles está informando que a reforma vai demorar até 2020.

Curtiu? Comentaí!