Dicas de Copenhagen: roteiro e dúvidas mais comuns!

36
280

Copenhagen sempre me chamou atenção por ser a capital do “país dos vikings” e a porta de entrada para os países nórdicos! Passei 2 dias e meio na cidade em janeiro, não peguei sol alguuum, mas consegui ver como a cidade fica colorida e viva no inverno!  Veja as principais dicas de Copenhagen no vídeo!

Dicas de Copenhagen e principais atrações

nyhavn pontos turisticos em copenhagen dinamarca

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Vamos começar com as dúvidas mais comuns de quem tem viagem para Copenhagen!

1 – Dinamarca é um país caro?

É sim, mas achei que seria bem mais! Eles não utilizam o Euro então você acaba perdendo duas vezes no câmbio. O dinheiro se chama kroner e as moedas são furadas e meio confusas de início. 1 euro dá aproximadamente 7 kroner.

As coisas em si não são caras no mercado, porém se você compra comida pronta ou algum tipo de serviço sai beem caro. Além disso, os impostos para cada item também são altos, ainda mais se for comida tipo fast food, a qual possui um imposto próprio chamado “fat tax”. Uma forma de reduzir a obesidade e doenças relacionadas no país..e que deu certo!

Então para sua viagem sair barata é necessário prestar atenção nesta dica de Copenhagen: coma no almoço e cozinhe a noite quando o menu fica mais caro no restaurante! Veja mais dicas no post COMO VIAJAR SEM IR À FALÊNCIA!

Alguns preços de Copenhagen para vocês terem uma ideia:

Cachorro quente na barraquinha de rua: 35 DKK
Prato chinês com frango: 79 DKK
Macarrão (no mercado) 4,50 DKK
Molho de tomate  (no mercado) 9 DKK
Maçã (unidade no mercado) 3 DKK
Suco  (no mercado) 10 DKK
Docinho no mercado 5 DKK
Cerveja no hostel: 30 DKK
Hamburguer carne de verdade com batatas: 140 DKK
Entrada Tivoli: 80 DKK
Estadia em hostel (quarto 12 pessoas): 157 DKK (21 euros)


Lembrando que a acomodação varia conforme a quantidade de camas no quarto (quanto mais camas mais barato) e a localização. Selecionei hotéis em Copenhagen que considero muito bons aqui: Hotéis em Copenhagen: 8 opções legais e acessíveis

Todos os lugares aceitam cartão e alguns recusam dinheiro!!! Uma das dicas de Copenhagen mais espertas: leve um cartão de crédito!!!

cachorro quente copenhagen dinamarcabarraquinha hot dog o que comer em copenhagen

2 – Quando visitar Copenhagen?

Com certeza as melhors época são primavera e verão quando a cidade está mais quentinha (venta bastante) e toda verdinha! Outono também é bonito e o inverno fica bem difícil sair na rua pois garoa bastante. A temperatura real nem é tão fria, o que ferra é o vento (dá pra ouvir bastante no video ahuehauea)!!!

Uma das principais dicas de Copenhagen é sempre levar um casaquinho mesmo no verão e cachecol e touca no inverno, além de jaqueta e sapatos impermeáveis!

dicas copenhagen roteiro 3 dias dinamarca

Lembre-se que para visitar a Dinamarca é necessário seguro viagem, faça a sua cotação aqui! Também vale a pena levar um chip de internet internacional para estar sempre conectada, veja como funciona

3 – Mas e a língua?

Não se preocupe com a comunicação, pois todo mundo fala inglês 86% da população (só alguns velhinhos que não entram aí). O dinamarquês é parecido com o alemão, parece que falam pra dentro, mas não dá pra entender muita coisa, só entendi quando tava escrito.

4 – O que ver em Copenhagen?

Não precisa pegar nenhum transporte público, você consegue fazer tudo a pé! O meio mais comum dos nativos é a bicicleta, porém para alugar uma é muito caro!!! Uma das principais dicas de Copenhagen é: preste atenção por onde anda para não ser atropelado ou levar um xingão!

copenhagen bicicleta prediosbicicletas copenhagen dicas

Nyhavn

casas coloridas copenhagen canal nyhavnO canal mais fotografado de toda a Dinamarca! Foi escavado por soldados em 1671 para permitir acesso à Kogens Nytorv (praça do rei). Aí foi bombardeada durante as Guerras Napoleônicas e depois ficou conhecida como zona dos bordéis. Christian Andersen (o autor da Pequena Sereia entre outros contos) é o escritor mais famoso da Dinamarca e morou nesta casa vermelha no canal, onde hoje é um museu.
Agora o canal é cheio de bares, cafés e turistas e com um dos aluguéis mais caros da cidade.

museu christian andersen escritor copenhagen

Amalienborg

igreja de marmore amalienborg copenhagenA guarda real se chama Den Kongelige Livgarde. Você pode ver a troca da guarda todos os dias, quando eles marcham dos quartéis na perto do Castelo Rosenborg pelas ruas até chegar em Amalienborg ao meio dia (uma das principais dicas de Copenhagen!). Em ocasiões especiais os guardas usam uniforme vermelho e o chapéu de pêlo pesa mais de um quilo!

No centro da praça fica a estátua do rei Frederik V de 1771 e quatro prédios idênticos rodeam ela. Um deles é para convidados, 2 para príncipes e princesas e o último da rainha. Dá pra saber quando ela está em casa quando há uma bandeira hasteada com um brasão.



A rainha Margrethe é super talentosa! Ela cria o design de várias roupas e ainda fez as ilustrações dos livros do Senhor dos Anéis lançados na Dinamarca!

troca guarda palacio copenhagen

Igreja de mármore

É fácil ver a igreja de mármore de longe! Ela possui um domo verde com vários detalhes dourados e fica do ladinho do Amalienborg. A construção se iniciou em 1749 pelas ordens do rei Frederik V, o qual desejava formar um novo distrito chamado Frederiksstaden. Devidos aos custos do mármore, a construção parou diversas vezes, o arquiteto inicial morreu ai substituíram e só ficou pronta em 1894. Você pode visitar o domo das 13 as 15h todos os dias no verão e aos fins de semana o resto do ano, o ingresso custa 35 DKK.
É uma das principais escolhas para quem deseja casar em Copenhagen! Às sextas e aos sábados dá pra ouvir os sinos.

troca da guarda palacio rainha da dinamarca

A pequena sereia

estatua pequena sereia copenhagen dicasSe você continuar em direção ao rio e subir irá chegar na estátua da Pequena Sereia, um presente dado em 1913 por Carl Jacobsen, um cervejeiro dinamarquês. A Escultura feita em bronze e granito foi inspirada no conto de Christian Andersen, um dos escritores mais famosos da Dinamarca. Ele manjava muito de escrever porém era zero na vida social…tanto que algumas obras refletem isso, como é o caso da sereia! A versão dele não é feliz como a da Disney.

A estátua representa os momentos em que sereia ficava sentada numa pedra olhando para a costa na expectativa de ver o homem por quem se apaixonou. No conto ela faz isso de manhã e no fim da tarde até que decide fazer um trato com a bruxa do mar. O acordo com a bruxa funcionava da seguinte maneira: ela seria humana para sempre se o príncipe casasse com ela, se não ela morreria. Aí príncipe se apaixona por outra mulher mas a sereia poderia continuar vivendo se matasse o amor dela. Ela não consegue fazer isso e morre, virando espuma no mar.

PS: A sereia já teve sua cabeça decepada várias vezes e toda vez recupera! A voz não dá mas a cabeça…aheuaheuahe

Muita gente diz que ficou decepcionada quando viu a estátua e mais nada, porém acredito que essas pessoas não exploraram a região, pois ali do ladinho fica a fortaleza de Copenhagen, a Kastellet!

Kastellet

bandeira da dinamarca kastelletKastellet é uma das mais bem preservadas fortalezas em forma de estrela na Europa. Até hoje várias atividades militares são realizadas aqui, porém é mais comum ver gente fazendo exercício do que os militares ahueahe O parque é grandinho e conta com vários barracões coloridos, um moinho com canhões e uma igreja. Mal sabia eu do perigo e subi no canhão aheauhe

canhao moinho copenhagen kastellet

Christiania

christiania area proibida maconha copenhagen

A cidade livre Christiania é uma comunidade autônoma em Copenhagen que preza um estilo diferente de vida. Vários hippies não desejavam criar seus filhos na cidade e queriam algo mais calmo e longe das influências “capitalistas”, aí ocuparam vários barracões militares abandonados em 1971 na região de Christianshavn e criaram suas próprias regras totalmente independente do governo dinamarquês. Foram 40 anos de conflitos até que estabilizaram um acordo entre as partes. Você saberá que está no lugar certo quando ver um monte de casas coloridas.

Christiania é uma mistura de galerias de arte, casas “feitas em casa” (se é que me entende hauehau), restaurantes orgânicos, workshops, natureza e claro várias barraquinhas para quem quer comprar e consumir maconha. A droga é ilegal na Dinamarca, porém ali é aceito esse “comportamento”. Então uma das principais dicas de Copenhagen é prestar atenção e não dar bobeira!
Para a sua própria segurança, não é recomendado filmar nem bater fotos dentro de Christiania especialmente na Pusher Street. Outra coisa importante é não correr pois gera pânico e pode dar altas tretas.

Leia mais dicas no post Christiania: a cidade livre em Copenhagen

christiania freetown copenhagen predios coloridos

freetown christiania copenhagen area drogas

Rundetarn – Torre Redonda

torre redonda copenhagen rampa A Torre Redonda  foi construída pelo rei Christian IV entre 1637 e 1642 como a primeira parte do complexo que reune igreja, biblioteca universitária e observatório astronômico no mesmo prédio. Para subir ao topo não há escadas e sim UMA RAMPA, pois reza a lenda que o cara queria subir com seu cavalo até em cima aheuaheua  No meio da subida você encontra a sala da biblioteca onde hoje há exposições e uma lujinha. Na próxima sala há uma coleção de objetos históricos do Sino e como era a construção de vigas de pinho de 1729.

torre rampa sem degraus cavalo copenhagen

O topo oferece uma vista panorâmica de Copenhagen a 34,8 m de altura. Eu decidi ir à noite para ver as estrelas e a lua que estava maravilhosa, porém o as nuvens não deixaram olhar pelo telescópio do Observatório. As pessoas que ali trabalham são voluntários e que amam astronomia, este é o hobby deles! O Observatório só abre as terças e quartas das 18 às 21h de outubro a março. O preço é o mesmo da Torre, 35 DKK.

copenhagen astronomia cupulatelescopio torre redonda copenhagen estrelas

lua noite copenhagen telhado

Tivoli Gardens

parque de diversoes antigo copenhagen tivoli inverno

Uma das atrações que eu não esperava ir enquanto estava em Copenhagen era o Tivoli Gardens, o qual normalmente fica fechado no inverno. Porém este ano eles abriram pela primeira vez em fevereiro desde 1843! Esse parque de diversões fica do lado da Prefeitura e da estação central, então é super fácil de chegar.

Há duas opções de ingresso, aproveite e compre online:

  1. Apenas entrada para o parque e jardins por € 16,56
  2. Entrada com todas as atrações ilimitadas por € 31,74

entrada tivoli parque diversoes copenhagen inverno
Tem várias atrações para crianças, mas tem para adultos também como:

  • a montanha russa de madeira de 1914,
  • uma montanha russa digital chamada The Demon, a qual passa por dragões soltando fogo e fogos de artifícios,
  • a Vertigo, eleita a montanha russa Best Ride da Europa em 2014 que te deixa de ponta cabeça a 100 km/h!

Porém apenas a montanha russa de madeira está aberta durante o inverno e é super divertida! Veja no vídeo!

Só lembrando que você paga o ingresso para entrar no parque e também o ingresso em CADA MONTANHA RUSSA 30DKK. Bem estilo o jogo do Roller Coaster Tycoon, quando a gente cobrava tudo pra poder ganhar mais dinheiro e contruir mais coisas para dar acidente hauehaeuh Aceitam cartão já na catraca de cada atração e o valor da entrada muda a cada estação.

Metade do parque está fechado no inverno e algumas atrações são únicas desta época como Pinguinesia, ringue de patinação no gelo, as luzese de inverno e algumas performances do mascote do parque. Há vários restaurantes e cafés dentro do parque.

Obrigada a Visit Copenhagen pelo convite ao Tivoli!

tivoli dicas copenhagen pavao albinoatracpes tivoli copenhagen a noite luzes

tivoli parque copenhagen noite neve

Outras atrações que você pode ver enquanto caminha pela cidade são:

Castelo Christianborg

roteiro em copenhagen castelo cavalos

O Museu Nacional

museu nacional copenhagen dinamarcaVor Frelsers Kirke e sua torre em espiraldicas de viagem copenhagen canal inverno várias dessas casinhas que nem sei o que são haueahe

praca copenhagen turismo cupula

Onde se hospedar em Copenhagen

A melhor opção de hospedagem em Copenhagen é ficar relativamente próximo ao centro, pois aí você pode fazer tudo caminhando. Também há a possibilidade de alugar uma bicicleta, porém se estiver no inverno pode ficar muito frio, vento e chover. Uma das principais dicas de Copenhagen é saber aproveitar o tempo conforme a época!

  1. Urban House Copenhagen by MEININGER €26 – Fiquei neste e achei muito bom, parece um hostel de festa, possui um bar no primeiro andar, porém os quartos são bem silenciosos! Tudo bem grande e muita gente!
  2. Steel House Copenhagen €37 acesso a academia
  3. Generator Copenhagen €34
  4. Sleep in Heaven €31, para 3 pessoas €127
  5. Para duas pessoas
  6. Saga Hotel €120
  7. PH Studio Hotel €121
  8. Wakeup Copenhagen – Borgergade €134
  9. Good Morning+ Copenhagen Star €174
  10. Hotel Løven €134, para 3 pessoas €160
  11. First Hotel Twentyseven €226

Aqui estão algumas opções legais de ingressos para curtir a cidade:

Gostou das dicas de Copenhagen? Comente!

Salve no seu Pinterest

Dicas de Copenhagen, roteiro e como economizar na capital da Dinamarca

Assista também o vídeo com mais dicas de Copenhagen!

Veja também

QUANTO CUSTA UM MOCHILÃO NA EUROPA? VIAJE BARATO!
GUIA LOW COST: COMO ENCONTRAR VOO BARATO NA EUROPA
ROUPA DE INVERNO NA EUROPA: ONDE COMPRAR E DICAS

 

 



Viaje com a Angie

Faça sua reserva através dos serviços parceiros do blog!Assim você nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO e continua acessando o blog grátis! Obrigada!

Receba dicas exclusivas no seu email!Receba dicas exclusivas no seu email
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas viagens, descontos incríveis e os melhores lugares para visitar e curtir a vida!

Travel blogger e designer aspirante à muitas coisas e com PhD em zuera, não dispensa uma aventura cheia de desafios e tragédias. Nas horas vagas joga games, canta e planeja as próximas viagens.

36 COMENTÁRIOS

  1. Nós duas tivemos a brilhante ideia de ir no frio! hahahaha Eu só peguei chuva nos 2 dias que fiquei lá e nem consegui ver a cidade direito. Tenho que voltar. Mas me diverti em Tivoli (tomando chuva nos brinquedos). E ow, sabia que tem muito apartamento que nao tem chuveiro? Eu fiquei na casa de uma amiga que fez uma gambiarra e colocou um chuveirinho perto da privada. A gente tinha que tomar banho sentada na privada, num lavabo bem pequeno. Depois secar tudo. E ela disse que ninguém mais tinha isso no prédio dela. Simplesmente não sei como as pessoas tomam banho. Bem, não tomam, né?

  2. A Viviane já foi duas vezes a trabalho, mas a família ainda não. Realmente uma cidade linda… e que legal que você cosneguiu ir ao Tivoli 😀 E pra “relaxar” só ir pra cristiania… haha

  3. Que lugar mais fascinante! Sou doida pra conhecer Copenhagen, estou planejando uma visita esse ano. E de preferência na primavera pra não morrer de frio! Seu post ajudou bastante com dicas e com referência de preços, pq realmente pensamos que é um destino muito caro. Valeu!

  4. Amei saber que têm tanta coisa pra se fazer e ainda que se pode fazer a pé e que sorte que o parque abriu no inverno quanto vcs estavam na cidade.

  5. ADORO lugares assim, lindinhos, cheios de lendas e histórias para contar. Depois do outono temperamental que passei em Nova York, com certeza sua sugestão de levar um casaquinho mesmo no verão eu sigo à risca. rsrsrsrs

    Vou procurar visitar a cidade na primavera e explorar todos estes lugares que você cita no texto e comer aquele cachorro quente na barraquinha de rua que tá com uma cara boazona!!!! 🙂

  6. Copenhaga deve ser muito fixe. Estive quase para ir lá o ano passado mas depois desisti já não sei bem porquê. Não me desperta uma imeeensa curiosidade mas sem dúvida quero conhecer um dia. Boas dicas!

  7. Gostei!
    Chegamos a cogitar dar uma esticada até a Dinamarca quando fomos para Bremen, mas vimos que Copenhagen nao estava tao pertinho assim e deixamos para uma pròxima!!

  8. Pensei que a comida fosse mais cara, também. Aqui em Portugal começa a aplicar-se um imposto a certos alimentos e bebidas se tiverem muito sal ou açúcar. Uma medida que eu super apoio.
    Um dia ainda vou conhecer a pequena sereia dinamarquesa

  9. Eu sempre achei que fosse inviável visitar a Dinamarca no inverno, que tudo estaria coberto com neve e com um frio absurdo.
    Ah, uma correçãozinha: o nome da rainha da Dinamarca é Margrethe. Anne Marie é a irmã dela, que é rainha da Grécia (apesar da Grécia ser hoje uma república, ela ainda pode usar o título da realeza). Nem me pergunte porquê eu sei essas coisas haha

  10. Ahhh, esse post apareceu em ótima hora! Viajo semana que vem para Copenhagen e vou anotar todas as dicas. E, gente, o que é esse cachorro quente? Parece delicioso porém caro que só kkkk

Curtiu? Comentaí!