Como ficar um ano na Europa como turista brasileiro

2
421

Muitos brasileiros acreditam que não é possível ficar um ano na Europa como brasileiro apenas viajando, no entanto, é possível sim! O carimbo que recebemos no passaporte quando entramos no velho continente é válido por 90 dias, mas é possível viajar entre outros países da Europa para permanecer por mais tempo e legalmente.

Existem alguns períodos temporais a serem respeitados para estar como turista de forma legal. Veja como ficar um ano na Europa sendo brasileiro!

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Como ficar um ano na Europa sem visto e legal

A Europa é composta por mais de 50 países e existem diversos acordos entre eles como o Espaço Schengen e a União Europeia por exemplo. Para ser mais específica:

  • Europa: o continente formado por todos os países nesse território
  • União Europeia: união de 26 países que adotaram o euro (ou não) e são representadas pelas mesmas instituições. Quem não faz parte: Reino Unido, Noruega, Islândia, Suíça entre outros.
  • Espaço Schengen: acordo de livre circulação de pessoas e produtos entre 30 países. Alguns países apenas cooperam com esse acordo como a Irlanda, Noruega, Suíça e Islândia.

O que importa para o turista brasileiro é este último, o Espaço Schengen.

Como funciona o Espaço Schengen

A Zona Schengen permite que turistas transitem entre qualquer país do acordo livremente, sem a necessidade de fazer uma segunda imigração, durante 90 dias. Ou seja, você pode entrar em Portugal, pegar o visto de entrada, viajar para Espanha, França, Bélgica, Holanda, Alemanha, República Tcheca etc sem a necessidade de passar por uma nova imigração e ter que apresentar todos os documentos e passaporte.

paises pertencentes ao espaco schegen
Países que fazem parte do Espaço Schengen

É importante lembrar que você precisa sair quando atingir 90 dias ou um pouquinho antes. Você não precisa necessariamente sair da Europa, você precisa sair do Espaço Schengen.

Esse “visto” Schengen é válido para 90 dias alternados ou consecutivos em um intervalo de 6 meses. Para ser mais clara: se você permanecer no Espaço Schengen por 90 dias, só poderá voltar depois de um intervalo de 3 meses. Os 6 meses são contados a partir do primeiro dia que você recebeu o carimbo.


Quais países pertencem ao Espaço Schengen?

Países que pertencem ao Espaço Schengen:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • França
  • Finlândia
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Liechtenstein
  • Letônia
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça

Países que não são membros, mas as fronteiras são abertas: Mônaco, San Marino, Vaticano.

Países que estão sendo implementados: Bulgária, Romênia e Croácia.

Como ficar um ano na Europa como turista brasileiro

Assim que o seu “visto” Schengen estiver vencendo, você precisa viajar para um país de fora desse acordo. Nesta hora você tem algumas opções de países que não precisam de visto para brasileiros e pode viajar entre eles durante esses 6 meses antes de retornar ao Espaço Schengen. Sugiro estes países:

  • Reino Unido: 180 dias e intervalo (180 dias) a cada 1 ano
  • Turquia: 90 dias a cada 180 dias
  • Croácia: 90 dias a cada 180 dias
  • Rússia: 90 dias a cada 180 dias

Reino Unido é o único que permite visto para brasileiros até 180 dias. O resto é 90 dias.

Países que não pertencem à Zona Schengen

Outros países da Europa que não pertencem ao Espaço Schengen:

  • Albânia
  • Andorra
  • Bósnia e Herzegovina
  • Bulgária
  • Chipre
  • Croácia
  • Irlanda
  • Reino Unido
  • Rússia
  • Romênia
  • Sérvia
  • Turquia
  • Ucrânia

Como ficar mais de 90 dias na Europa como turista

Dessa forma, para ficar um ano na Europa como turista você deverá sair da Zona Schengen e irá ganhar um carimbo de saída no passaporte. Quando chegar no próximo país que não pertence à Zona Schengen haverá uma nova imigração onde deverá mostrar os documentos como passaporte, comprovante de hospedagem e de renda, seguro viagem etc. Se tudo estiver certinho, ganhará um carimbo de permanência de 90 dias para esse país (ou 180 se for o Reino Unido).

como viajar por mais de 90 dias na europa
Pode viajar entre o Espaço Schengen e outros países

Você pode ficar 1 ano na Europa como turista desde que respeite o tempo limite de permanência dos países e mostre comprovantes que você pode se manter durante esse tempo. Se ainda está meio confuso, simulei dois tipos de viagem para que você possa entender melhor:

Exemplo 1: Você chega na França para fazer um intercâmbio de um mês, conhece o país, depois passa um mês na Itália e outro na Espanha. Após os 90 dias, você viaja para o Reino Unido e recebe um novo carimbo de 180 dias de permanência. Durante esse tempo, poderá viajar entre os países do reino: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Após 90 dias poderá retornar à Zona Schengen para visitar a Bélgica e Holanda, por exemplo.

Exemplo 2: Você faz um intercâmbio de inglês de um mês na Irlanda e passa 3 meses visitando a Alemanha, Polônia, República Tcheca, Eslováquia, Eslovênia e Hungria. Após esse tempo você pode ir para a Croácia curtir umas praias e aproveita para ver Bósnia e Herzegovina, Montenegro, Albânia, Kosovo, Sérvia, Bulgária e vai parar na Turquia. Cada um destes países irá carimbar o seu passaporte e te dará 90 dias como turista, sem falar que são ótimos países para gastar pouco e viajar muito! Depois de 90 dias, você pode retornar pra Zona Schegen.

Resumidamente:

  • 90 dias em países dentro do Espaço Schengen
  • 90 dias fora do Schengen como Reino Unido
  • 90 dias no Território Schengen novamente
  • 90 dias fora do Schengen como Turquia

Viu como é possível ficar 1 ano na Europa como turista? É só respeitar o tempo máximo de cada visto!

Dicas para ficar um ano na Europa como turista

1 – Não deixe para última hora

Evite sair exatamente no 90º dia! Seu voo pode ser cancelado e você precisará esperar mais um ou dois dias. Deixe uns 5 dias de folga por segurança. Se você ficar mais do que deve, terá problemas no futuro.

2 – Conexão direta

Cuidado com os países da sua conexão! Não faça conexão em um país da Zona Schengen durante o seu período fora dela, pois você terá que obrigatoriamente fazer a imigração, especialmente se você usou todos os 90 dias durante a sua estadia. Nesse caso, poderá ter entrada negada e terá um carimbo tenso no passaporte!



Por exemplo, está em Londres e vai para a Turquia mas o voo para na Espanha e você usou todos os 90 dias do Espaço Schegen e ainda não ficou 90 dias fora dela. Péssima ideia! Pague um pouco a mais e pegue um voo direto.

como ficar um ano na europa como turista
É possível ficar um ano na Europa como turista

3 – Não tente enganar

O sistema de imigração é interligado, eles sabem quanto tempo você tem no Espaço Schengen pois fica registrado no sistema. Não é só “perder o passaporte” ou dar um pulinho em Marrocos e voltar na semana seguinte. Você precisa passar todo o tempo fora antes de voltar.

4 – Comprovante de renda

O Reino Unido e Irlanda são bem chatos na imigração e pedem todos os documentos possíveis. Como brasileira, sei que é difícil comprovar renda para todo o tempo que deseja ficar no país, como 3 meses por exemplo.

Se você tem algum amigo ou familiar que more nesse país, irá facilitar se você tiver uma carta convite e ficar na casa dessa pessoa. Veja estes artigos para te ajudar: Mochilão na Europa: documentos e Viagem para Europa: perguntas imigração

Nesse caso, para não ter maiores complicações, você pode dizer que irá ficar um mês viajando e aproveitar os outros meses que estão dentro do visto. A menos que eles escrevam a data que você precisa ir embora. Aí não tem jeito.

E agora vamos ao que interessa: mesmo que eu consiga passar todo esse tempo, como vou ter dinheiro para viajar um ano na Europa?

A solução: fazendo voluntariado!

Como ficar um ano na Europa como voluntário

Também conhecido como volunturismo, o voluntariado funciona da seguinte maneira: você irá trocar algumas horas do seu dia para ajudar algum estabelecimento em troca de hospedagem. Ou seja, irá economizar muito, já que a hospedagem representa 60% dos gastos de uma viagem. Além disso, é uma forma de fazer Intercâmbio sem estudar: aprenda um idioma sendo voluntário

Como os períodos de voluntariado são curtos e não há troca monetária, você não precisa de um visto especial. Poderá passar um mês na Itália ajudando em uma fazenda por exemplo e conhecendo a região nas horas de folga. Viajar mais duas semanas antes de fazer outro voluntariado e por aí vai. Alguns países possuem vistos especiais para voluntariado como o visto T5 do Reino Unido.

Você mescla o voluntariado com o turismo e aproveita bastante o tempo de permanência em cada país, especialmente os que possuem moeda mais forte como Reino Unido, França, Suécia… Se você nunca fez voluntariado leia o artigo 8 dicas para seu primeiro voluntariado no exterior.

Eu recomendo usar uma plataforma de voluntariado para te dar segurança e auxiliar a conversa entre você e o anfitrião. Eu gosto muito da Worldpackers!

O que é Worldpackers?

O Worldpackers é uma plataforma criada por 2 brasileiros que reúne oportunidades de voluntariado em diversos lugares do mundo (mais de 170 países!). Você pode encontrar hostels, fazendas, comunidades e pequenos negócios que estão procurando pessoas para ajudá-los por um determinado período de tempo.

o que e worldpackers
O que é Worldpackers Brasil

Ou seja, nesse intercâmbio de trabalho por hospedagem você troca algumas horinhas do seu dia por um lugar para dormir e comer durante alguns dias da sua viagem. Você não recebe “um salário” por isso, é apenas uma troca e uma experiência de aprendizado e colaboração.

Para saber tudo sobre a plataforma leia este artigo Worldpackers: É confiável? Como funciona? Vale a pena?

Como funciona Worldpackers

O Worldpackers funciona da seguinte forma: você cria um perfil, encontra uma vaga interessante, manda a sua inscrição para o anfitrião e conversa com ele pelo chat para combinar mais detalhes e esclarecer dúvidas.

Na descrição de cada vaga de voluntariado você encontra o local, a descrição das tarefas, a quantidade de horas que você deve trabalhar, tempo mínimo e outros detalhes como avaliação de outros voluntários. Normalmente você tem 2 dias de folga e trabalha 4 a 6 horas por dia em troca de acomodação e alimentação. Avalie se as horas de trabalho condizem com os benefícios de um voluntariado e se você está de acordo com todos eles, desde a acomodação, alimentação entre outros fatores.

Além do acesso aos anfitriões, você também pode ter acesso a Worldpackers Academy.

descricao vaga de voluntariado
Leia todas as informações presentes na descrição da vaga de voluntariado

Quanto custa Worldpackers?

Qualquer pessoa pode criar um perfil e pesquisar as vagas no Worldpackers gratuitamente. Você pode ler a descrição de cada uma, avaliação e ver quais tipos de vagas tem nos destinos que deseja visitar.

Para se conectar com os anfitriões é necessário efetuar uma anuidade. O acesso ao Worldpackers custa 49 USD anuais ou apenas 39 USD utilizando o cupom de desconto APUREGURIA! Aproveita!

Gostou destas dicas de como ficar um ano na Europa como turista brasileiro?

Salve no pinterest

Como ficar um ano na Europa como turista brasileiro legal dicas
Pin Como ficar um ano na Europa como turista brasileiro legal
Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

AULA DE IDIOMA COM PROFESSOR NATIVO
Aprenda qualquer idioma em casa com aulas virtuais e preços acessíveis. Ganhe 10 USD de desconto na sua primeira compra na plataforma do Italki!
CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here