Nova ZelândiaVistos e documentos

Trabalhar na Nova Zelândia: Vistos e empregos

posted by Angie Outubro 1, 2015 13 Comments

Muita gente tem me perguntado como é trabalhar na Nova Zelândia, como faz para tirar o visto etc, então fiz um post completinho com as informações sobre o vistos de  trabalho na Nova Zelândia.

Lembrando que não é fácil conseguir trabalho em nenhum lugar, as profissões que pagam melhor são mais complicados ainda e você pode passar por várias entrevistas até conseguir algo bem bom (ou não).

Os setores que mais precisam de gente: agrícola (pecuária e cultivo de frutas), construção civil e de serviços (restaurantes, bares, hotéis, TI).

O salário mínimo na Nova Zelândia é de NZD 14 a 17 / hora, em torno de NZD 1100 mensais trabalhando 20h semanais.

Você irá gastar 200 a 250 por semana (acomodação, comida, internet, transporte). A acomodação é bem cara na Nova Zelândia , principalmente se for Auckland. Dependendo do seu estilo de vida, você consegue pagar o aluguel e o mercado e sobra uns NZD 100 dólares por aí. Acho que no interior deve ter um esquema melhor, trabalho na fazenda e aluga uma casinha ou quartinho, deve sair bem mais barato.

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Não se esqueça que você irá pagar impostos que variam de 10 a 33% da sua renda. Você deve fazer um cadastro de IRD (Inland Revenue Department): preencher um formulário para receber o seu IRD number, necessário para registro no seu empregador. E você pode receber esse dinheiro de volta se aplicar para reembolso do seu imposto no site Taxback. Claro que não irá receber tudo de volta e ainda paga por esse serviço, então tem que ver se valerá a pena.

Trabalhar na Nova ZelândiaUm dos meus lugares preferidos no mundo: Milford Sound na ilha sul!

Trabalhar na Nova Zelândia: Vistos

Trabalhar na Nova Zelândia sem visto pode dar treta, pois o país tem um controle melhor sobre os imigrantes, por sem bem pequeno. Então, não vá de loke! Eles te deportam de verdade (conheço gente daqui da minha cidade!). Você pode aplicar para quase todos os vistos online no site da Imigração da Nova Zelândia

Visto de estudante

Esse era o meu visto enquanto morava lá.  Eu podia trabalhar na Nova Zelândia por 20h durante a semana, também chamado de part time job. Nesse caso, não quer dizer que você vai estudar de manhã e trabalhar a tarde. Os horários  para trabalhar na Nova Zelândia são bem flexíveis, você pode pegar 2 dias completos, fim de semana para trabalhos em pubs, lanchonetes…

visto-estudante-nova-zelandia- Trabalhar na Nova Zelândia

Cursos de inglês e Business

Para conseguir o visto de estudante é necessário que:
Esteja matriculado em um curso integral acima de 20h semanais com duração mínima de 14 semanas.
A escola deve ser boa e reconhecida pelo governo (escolas chanceladas pela NZQA – New Zealand Qualifications Authority Categoria 1)
Para trabalhar nas férias em tempo integral, somente para cursos acima de 12 meses de duração.
Certificado do Toefl ou IELTS
Comprovar que terá dinheiro para hospedagem e comida durante o tempo que irá ficar (mostre um extrato bancário)
Seguro Viagem (é mesmo necessário?)

O meu curso tinha duração de 5 meses e eu podia ficar um mês trabalhando 40h por semana depois que ele acabasse (2013). No entanto, eles podem te dar mais tempo no visto, como foi o meu caso…mas não adianta nada, pois não estaria mais na escola nesse período e o visto seria anulado.

Desde 2014 esse visto pode ser pedido aqui no Brasil e somente em cursos superiores a 1 ano.  No entanto, o teu passaporte vai para Washington nos Estados Unidos para receber o visto, pode demorar muito e se estiver em cima do laço não é uma boa escolha. Algumas escolas te ajudam no processo do visto e entram em contato com o governo diretamente, facilitando a sua vida.  Elas recebem o seu visto e colam no seu passaporte. Assim o visto de turista é anulado.

Profissionalizantes, Mestrado e Doutorado

Pode trabalhar na Nova Zelândia em tempo integral, lembrando que todas as Universidades são pagas, ou seja, ganhe uma bolsa!
Programa com duração mínima de 1 ano (level 5, 6,7).

Nesse caso tem um esquema de nível de cursos que você já fez. Se você tem uma graduação ou curso politénico de 3 anos pode ingressar direto no nível 7. Se não, vai pro nível 5 (tipo um tecnólogo)

Após 2 anos de estudos, a pessoa pode aplicar para o visto para trabalhar na Nova Zelândia para 1 ano.

TRABALHE E VIAJE: INSTRUTOR DE SNOWBOARD NA NZ

Opções de visto após os estudos:

Post Study Work Visa Open

Você pode trabalhar na Nova Zelândia durante um ano em uma área relacionada aos seus estudos. Para conseguir esse visto, você tem que comprovar os seus estudos na Nova Zelândia e que possui na conta 4200 dólares kiwis. Assim que terminar o seu curso, já aplique para este (não espere vencer o outro, pois tem 3 meses no máximo para conseguir, passou perdeu).

Post Study Work Visa Employer Assisted

Para pessoas que conseguiram um trabalho muito bom após concluir o curso. O empregador assiste o recém formado durante 2 anos e pode trabalhar na Nova Zelândia SOMENTE nessa empresa. Nesse caso, não precisa comprovar os NZD 4200.

E visto para marido ou esposa?

O seu companheiro pode ficar com visto de turista se não estiver estudando e não pode trabalhar na Nova Zelândia (pode renovar a cada 3 meses).
Há duas formas de conseguir o visto da Nova Zelândia para o marido/esposa:
Conseguir o visto aberto de 1 ano depois de completar o curso.
Cursos de graduação ou superior: o visto de trabalho é concedido ao cônjuge desde o início e pode trabalhar em tempo integral.

Resumindo: cursos de inglês não ganham visto de trabalho após a conclusão do curso

Partiu-Nevis-Swing-em-Queenstown-Nova-Zelândia- (1)
Pulo de swing louco em Queenstown!

Visto para trabalhar na Nova Zelândia

Work Holiday Visa – WHV

O visto mais concorrido ever e mega difícil de conseguir, pois somente 300 VAGAS são liberadas em SETEMBRO anualmente. Pode trabalhar na Nova Zelândia durante um ano e no máximo 3 meses com cada empregador, o que facilita a sua vida para conhecer o país.

Você deve ter 18 a 30 anos, enviar comprovantes que está saudável, ter uma reserva de 4200 dólares, ticket de voo de retorno ao Brasil ou o valor aproximado em dinheiro, ter seguro saúde, não ter tido working holiday visa em outro lugar, não ter filhos e passaporte válido até 3 meses após o WHV vencer.
Veja outras informações sobre o Work Holiday Visa Nova Zelândia 

Dica: se programe para estar  com todos os documentos em mãos, em um computador bom e com internet rápida para fazer o application do Work Holiday Visa no dia que abrir as inscrições. É sério, essa parada esgota rapidamente.

Essencial Skills Visa

Vistos para imigrantes qualificados que querem trabalhar na Nova Zelândia.

Skilled Migrant Category

Profissões em alta no país, atividades que realmente precisam de gente. A pessoa se apresenta à Imigração e demonstra interesse em trabalhar na NZ. É um sistema baseado em pontos e para ser selecionado é necessário: falar inglês fluente, idade até 55 anos, saudável e sem antecedentes criminais. O Skilled Migrant Category (SMC) é uma oportunidade para se mudar,  morar permanentemente e trabalhar na Nova Zelândia! Veja todos os passos para o SMC

Work to Residence

Além da sua profissão estar em alta é necessário apresentar a Job Offer de um empregador reconhecido pela Imigração. No caso, o empregador vai falar que procurou alguém que já possuía a permissão de trabalho (um kiwi mesmo) mas não encontrou ninguém e por isso ele tá te chamando. Mais sobre o Visto Work to Residence.

Silver Fern

Este visto possibilita jovens a trabalhar na Nova Zelândia por 9 meses em um trabalho relacionado às habilidades. Também é restrito como o WHV somente 300 vagas por ano
Precisa ter de 20 a 35 anos, inglês fluente, fundos suficientes e ter as qualificações (diplomas equivalentes na NZ)
Há a possibilidade de conseguir o Silver Fern Practical Experience Visa que garante trabalhar no mesmo emprego por mais 2 anos. Veja mais informações sobre o Silver Fern Visa



Trabalhar na Nova ZelândiaNa NZ foi filmado as trilogias do Senhor dos Anéis e o Hobbit! Conheça Hobbiton

Como achar emprego na Nova Zelândia – dicas

Você deve fazer um currículo simples e focado na sua vaga. Nada de colocar vários cursos se vai aplicar para garçom. Lembre-se: faculdade lá é caro, então eles ficam de olho em você, o entrevistador pode ficar com medo de perder o trabalho dele pra você, principalmente se você quer aplicar para um emprego “mais baixo” para poder subir depois e se teu inglês é excelente. De qualquer forma, mostre competência, interesse e iniciativa para ser promovido logo!

Liste no seu currículo alguns cursos/trabalhos mais interessantes para a vaga e o que você fez de legal, como contribuiu. Não tente encher linguiça.
Faça também uma carta de apresentação: mostre seu interesse na vaga, por que deveriam te chamar, por que quer trabalhar na Nova Zelândia. Não precisa colocar foto no CV, somente se pedirem. Monte o seu Currículo no CareersNZ.

O CareerzNZ é um site do governo kiwi que oferece várias vagas focadas nas áreas e por períodos (como vagas para o verão). Aqui fica muito fácil achar um emprego no ramo que você quer, já que direciona para vários outros sites (você terá muitas abas abertas).

Os sites mais comuns de busca de emprego na Nova Zelândia são o Seek, CareerJet, YellowPages e o TradeMe (tipo um ebay da vida).

No entanto, não procure vagas somente pela internet, imprima seu currículo e distribua em vários lugares, principalmente nos bairros onde a concorrência é menor. Sempre vá bem vestido às entrevistas, seja pontual e educado. Também se registre em agência de empregos, olhe os jornais e procure revistas da sua área.

Lembre-se: você pode mandar mil emails com o currículo, mas apenas umas 10 empresas irão te responder, algumas explicando o por que não te querem e sugerindo outros lugares. Isso é cultural como no Brasil, “não há uma obrigação de responder”.

Pode começar a sua busca por emprego enquanto estiver no Brasil, vários empregadores farão uma entrevista pelo Skype, uma ótima oportunidade para treinar o inglês, pois os kiwis tem um sotaque forte e falam muito rápido e para dentro (o “yés” vira “yês”). Lembre-se que a NZ está 15h na frente do Brasil. Enquanto aqui é 01/10 9 da manhã, lá já é meia noite 02/10.

Boa sorte na sua busca de trabalho na Nova Zelândia!

Fonte: NovaZelandiaBrasilImmigration NZ e Embaixada NZ 

Salve a imagem abaixo no seu Pinterest!

Trabalho e dicas de emprego na Nova Zelândia, como funciona os vistos

Se este post te inspirou, por favor utilize os links abaixo para programar a sua viagem! Assim você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso 🙂 Ah e também me siga no Instagram e no Facebook! Obrigada!viajar-barato-descontoReserve seu hotel ou hostel em qualquer lugar do mundo com o Booking e durma susse!
Seguro Viagem é com a Real Seguros! Compare os melhores preços e viaje suave!
Garanta seu ingresso sem filas! Confira as atrações no Ticketbar
Ganhe 25 dólares no AirBnB

Leia mais sobre a
Veja mais posts sobre a Nova Zelândia
BANCOS, CORREIO E INTERNET NA NOVA ZELÂNDIA

Viaje com a Angie

Faça sua reserva através dos serviços parceiros do blog!Assim você nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO e continua acessando o blog grátis! Obrigada!

Receba dicas exclusivas no seu email!Receba dicas exclusivas no seu email
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas viagens, descontos incríveis e os melhores lugares para visitar e curtir a vida!

13 Comments

Nilton Tonon Outubro 25, 2015 at 4:07 pm

thank you!

Reply
angie Outubro 25, 2015 at 9:10 pm

Disponha!

Reply
Rodrigo Outubro 30, 2015 at 6:53 pm

Pretendo ir para a nova zelandia no maximo janeiro, irei como turista e ao chegar la tentarei mudar meu visa para o curso de idiomas ( apesar de já ter inglês avançado) vou tentar ficar no minimo 1 ano no país. Meus planos ainda estão só os rabiscos e vou tentar conseguir arrumar tudo lá. Não pretendo fazer intercambio devido ao alto preço cobrado então irei sem nada planejado e tentar me virar lá. Seu post me ajudou muito, obrigado !

Reply
angie Outubro 30, 2015 at 10:10 pm

Que bom que ajudou! Boa sorte!

Reply
Eliana Janeiro 13, 2016 at 1:02 pm

Oi Angie, obrigada pelas informações muito util, meu marido tem mais de 30 então o whv não se aplica, é valido ir como turista procurar emprego, casa e etc aí, e caso tenhamos tenha vagas daí então entramos com o visto de trabalho? Obrigada!

Reply
Angie Janeiro 13, 2016 at 10:25 pm

Olha Eliana, pode ser que dê certo, mas aí precisa comprovar que você tem dinheiro suficiente para permanecer como turista por pelo menos 3 meses e a empresa tem que entrar com a papelada. Seria melhor enviar uns CV daqui do Brasil mesmo!

Reply
Leonardo Borges de Menezes Janeiro 18, 2016 at 11:41 pm

Angie, boa noite. Empreendedores ou Investidores são bem vindos? Existe alguma facilidade para quem quer investir no país? Obrigado! Leonardo.

Reply
Angie Janeiro 19, 2016 at 12:41 am

Oi Leonardo! Sâo sim, só preencher os requisitos! Dá uma olhada aqui http://www.immigration.govt.nz/migrant/stream/invest/entrepreneur/entrepreneurworkvisa/

Reply
Giselle Janeiro 21, 2016 at 12:02 am

Olá Angie, adorei o seu blog! Parabéns!! Vou para NZ em abril, fazer curso técnico de duração de 10 meses, mas estou em dúvida se é obrigatório para a imigração ter a passagem aérea de retorno ao Brasil. Vi no site da imigração que para o visto de estudante, deve-se comprovar a saída da NZ ao término do curso, com a passagem de retorno OU a comprovação de condições financeiras para compra. Apesar disto, as agências de intercâmbio dizem que é obrigatório a compra da passagem de volta. Você comprou a sua de ida e volta? Conhece ou sabe de alguém que não teve problemas em ir só com a passagem de ida?

Obrigada!

Reply
Angie Janeiro 21, 2016 at 9:38 am

oi Giselle! Um amigo meu entrou como turista e não tinha a passagem de volta, mas de alguma forma comprovou que tinha o dinheiro suficiente para ficar lá por 3 meses e ainda comprar a passagem…ele ficou 6 meses lá e fez um curso, mas não conseguiu emprego. Eu fui com passagem comprada, porém a data no papel estava para 3 meses em vez da correta (6 meses), só pra não dar problema na hora de chegar, ai na mesma semana já apliquei pro visto de estudante!

Reply
Roberto Brandão Pinto Março 3, 2016 at 7:54 am

Olá Angie. Parabéns pelo Blog, muito bom mesmo, bem objetivo e resumido. Pode me ajudar a encontrar vaga para Cirurgião Dentista, e onde me informo sobre equivalência profissional? Muito obrigado.

Reply
Thiago Janeiro 7, 2017 at 8:26 pm

Olá Angie. Estou mandando uns currículos do Brasil mesmo pra lá. Não estou tendo nenhum avanço. Nem entrevista por Skype nem nada. Tenho um amigo que conseguiu emprego assim, mas o q ajudou ele é que ele é amigo do dono da empresa ai na NZ.Tenho medo de ir como turista e não conseguir um SPONSOR para eu mudar pra visa work. Sabe porque as empresas não gostam de dar offer job para pessoas sem visto e que ainda estão no Brasil? Qual o problema??

Reply
Angie Janeiro 8, 2017 at 10:43 am

Pela burocracia!! As vezes eles não vêem vantagens em gastar tempo em alguém que ainda não conhecem e que talvez não dê o retorno desejado a eles. Talvez se for alguém com habilidades específicas indispensável na empresa seja mais fácil! Boa sorte na sua busca!

Reply

Curtiu? Comentaí!

%d blogueiros gostam disto: