Como perder 5 mil euros para a máfia na Romênia sem querer

0
472

No conto de hoje meu amigo Lucas continua as histórias de perrengues viajando com o melhor amigo (no caso o meu marido) por alguns dias na Europa, especificamente na Romênia. Nem eu imaginava que teriam tantos problemas haeuaheau

Você achou que o Jean descansaria depois de quase perder todo o meu dinheiro dias antes do nosso embarque e de, de fato, perder todas as nossas fotos de Versailles? Achou errado, otário. O meu melhor amigo é implacável. Para o bem e para o mal. Especialmente para o mal. Dessa vez os nossos erros na Romênia iniciaram antes mesmo de entrarmos no avião. Começaram no planejamento da viagem

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Como NÃO alugar um carro na Romênia

Meses antes de comprarmos nossa passagem já era certo que faríamos o mochilão pelo leste europeu. Parti da ideia de visitar Praga e fui adicionando países ao redor com a ajuda do Jean, que já estava decidido em me acompanhar, e uma das ideias dele foi visitar a Romênia. A ideia veio depois de amigos o contarem o quão linda era Bucareste, das maravilhas do interior, dos castelos imponentes, das paisagens esplêndidas, do quão barato seria a viagem para turistas e que, no final de cada arco-íris, haveriam dez filhotes de tigre siberiano e um pote feito de ouro maciço cheio de pizzas de lombo Sadia. 

Eu amo pizza de lombo Sadia então, naturalmente, concordei. Esses amigos falaram tão bem da Romênia para o Jean que decidimos passar SEIS dias no país. Nossa ideia era pegar um Airbnb na capital, alugar um carro, passar dois destes dias turistando por Bucareste e, então, visitar os castelos da Transilvânia e as cidades do interior. Soa como uma boa ideia, certo? Bem, tudo começou a dar errado logo que o avião pousou no aeroporto. 

aviao parado em aeroporto na chuva
Pouso na chuva

Alugando um carro na Romênia

O dia era cinza e marrom visto dos céus e uma fina garoa caía na pista quando pousamos. Depois de ser interrogado por um vilão do James Bond na imigração, encontrei o Jean pesquisando preços de carros para alugarmos no aeroporto. Durante meses pesquisamos na internet valores de carros para aluguel, mas não chegamos a reservar nenhum pois o Jean tinha certeza que não seria necessário, afinal, conseguiríamos um bom valor na hora. Em defesa dele, essa certeza vinha da sua experiência anterior quando, acompanhado da Angie, alugaram um carro na Eslovênia por vários dias por um valor baixo. E se você considerar que a Eslovênia é um país da Zona do Euro e a Romênia não, faz sentido supor que o mesmo serviço seria mais barato em Bucareste ou, no mínimo, tão barato quanto.

Mas não era.

Passamos em todas as empresas de aluguel de carro no aeroporto e os valores, obviamente, eram muito maiores do que imaginávamos. A realidade bateu na nossa cara como um coice de mula. Absolutamente sem condições. Fiquei chateado na hora, mas sabia que não era o fim do mundo. O Jean? Bem, ele ficou PUTASSO. Afinal, a ideia de aguardar e a garantia de que daria certo partira dele.

Tiramos o notebook do Jean da mala (lembrem-se, ele estava de mudança do Brasil para a Europa, então carregava uma mala GIGANTE mais duas mochilonas para toda parte) e começamos a pesquisar opções mais baratas dentro da cidade, até porque tudo no aeroporto é mais caro. Finalmente encontramos um lugar. Ufa. Barato e perto. Só precisávamos sair do aeroporto e caminhar uns 500 metros. Perfeito. Havia uma garoa chata, mas foda-se. O plano daria certo!

Sinais que vai dar ruim

Seguimos o GPS caminhando na chuva até que ele nos levou para um estacionamento comercial. Estranho. No site não dizia nada sobre estacionamento. Apenas sobre uma empresa de aluguel de carros como outra qualquer. Uma mulher cuidava do guichê e nos perguntou algo em romeno. Respondemos em inglês que estávamos procurando a empresa de aluguel de carros. “Ah…” Ela disse revirando os olhos e trocando para um inglês rústico: “É lá nos fundos.” Esse foi o nosso primeiro sinal“Nos fundos?” Pensamos nos entreolhando. Por que uma empresa de aluguel de carros ficaria nos fundos de um estacionamento tão grande?


Pegamos nossas coisas e seguimos para onde a mulher nos apontou. Nos fundos haviam dois locais: Um era uma salinha onde ficava a locadora de carro, discreto e sem placas na entrada, apenas uma porta de vidro e, mais para trás, quase escondida, havia uma mecânica. 

Segundo sinal. Entramos no local onde deveria ser a locadora e demos de cara com 8 cubículos, também de vidro, em uma sala minúscula. Cada cubículo exibia a placa de uma empresa de aluguel de carros diferente. 

Terceiro sinal. Como poderiam oito empresas diferentes do mesmo ramo trabalhar em um espaço tão pequeno?

quarto sinal foi um grande. A sala estava completamente vazia. Não havia ninguém lá dentro além de mim, do Jean e de umas 100 moscas. Sério. Haviam TANTAS moscas naquela salinha que você imaginaria estar em um filme de máfia e que terria um corpo escondido nos fundos. Nos entreolhamos, confusos, tudo parecia muito estranho. 

O Jean puxou novamente seu notebook para pesquisarmos outra locadora de carros e então os funcionários da mecânica começaram a entrar e sair da salinha. Um mais bizarro que o outro. Tatuagens no pescoço, dentes faltando, cicatrizes, e todos olhando desconfiados para nós. Eles entravam lá para comprar algo numa máquina de snacks, olhavam pra gente, conversavam em romeno e saíam rindo. Não lembro se foi o Jean que perguntou para alguém ou se eles nos abordaram, mas questionamos se alguma das empresas ali estava funcionando e nos pediram para aguardar.

Alguns minutos depois entrou um homem mais velho que os funcionários. Disse que iria apenas ligar o computador e já nos atenderia. O Jean foi com ele em um dos cubículos enquanto eu cuidava das nossas coisas e observava a conversa dos dois. O Jean passou suas informações básicas para o cara e conversaram sobre qual carro iríamos alugar e o valor. O homem então imprimiu o contrato e, pouco antes do Jean assinar, revelou o valor da caução para pegarmos o carro: Cinco mil euros

meme homem piscando

Quanto??

Você não leu errado. Cinco. Fucking. Mil. Euros. Para quem nunca alugou um carro, existir uma caução é bastante comum. A locadora segura um valor enquanto você fica com o carro e lhe devolve no retornoMas nunca, jamais, em lugar algum, existiu uma caução nesse valor por um carro popular. Eu não tinha certeza se havia escutado certo por estar mais longe, mas o Jean o fez repetir. Ouvimos certo: Cinco mil euros.

Os funcionários da mecânica continuavam entrando e saindo. Lembro de sentir meu coração palpitar de nervosismo pela situação, me sentia irritado por causa das moscas e agoniado pela sensação de ‘o que DIABOS está acontecendo aqui??’. Eventualmente o Jean disse o óbvio: Nós não temos cinco mil euros. Percebemos que esse negócio era furada e claramente ilegal e o cara percebeu que estava tratando com dois turistas fudidos sem dinheiro.

Pegamos nossas coisas e corremos de lá antes deles fazerem uma oferta que não poderíamos recusar e, derrotados, pegamos um Uber para o nosso Airbnb. Estávamos exaustos da viagem, extremamente frustrados e com fome. Para completar a derrota do dia, passamos uma meia-hora a mais que o necessário procurando pelo apartamento pois nos passaram o endereço errado. No final encontramos o local, mas tenho certeza que o motorista do Uber me avaliou com uma estrela. Não o culpo.

Jamais me esquecerei desse dia. Não sei vocês, mas eu já assisti filmes e séries de Máfia o suficiente para ter certeza absoluta que, caso o tivéssemos, NUNCA MAIS veríamos aqueles cinco mil euros. Tudo naquele lugar cheirava a ilegalidade e crime organizado.

Nossa Lucas você está fazendo todas essas acusações, mas você tem de fato alguma prova de que eles eram criminosos?

Óbvio que não tenho. Eles são da máfia!!! Se eu tivesse provas, não estaria aqui para contar essa história.

O que achou dessa história “Como perder 5 mil euros para a máfia na Romênia sem querer” do Lucas? Siga ele no Twitter (posta muita coisa boa e besteira também) e no Instagram!

Leia também o outro conto do Lucas Como um motorista de ônibus (quase) arruinou meu mochilão no Leste Europeu



como nao alugar um carro na romenia
Pin Como não alugar um Carro na Romênia
Viaje com a Angie Faça sua reserva através dos parceiros do blog! VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão. Obrigada!
CONTA BANCÁRIA NA EUROPA
Com Transferwise você economiza dinheiro durante o intercâmbio ou morando em outro país. Veja como transferir dinheiro para o exterior.

PRESETS APURE GURIA
Conheça minha coleção especial de filtros para celular e deixe suas fotos mais vibrantes com apenas um clique!

SEGURO VIAGEM
O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países, faça a cotação com a Real Seguros e garanta melhor custo benefício. Desconto de 10% exclusivo para leitores! Veja por que viajar com Seguro Viagem.

HOSPEDAGEM
Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito. Conheça o Booking.com!

AIRBNB
Alugue apartamentos ou quartos com preços especiais, ótimos para quem viaja em grupo! Reserve no Airbnb e ganhe R$180 de desconto na sua primeira hospedagem.

INGRESSOS
Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência e pagando com cartão de crédito ou Paypal no Get Your Guide.

AULA DE IDIOMA COM PROFESSOR NATIVO
Aprenda qualquer idioma em casa com aulas virtuais e preços acessíveis. Ganhe 10 USD de desconto na sua primeira compra na plataforma do Italki!

VOLUNTARIADO NA VIAGEM
Torne-se voluntário por alguns dias na sua próxima viagem, troque experiências, conheça pessoas novas e economize dinheiro! Conheça o Worldpackers! Leitores do Apure Guria ganham 10 USD de desconto!

CONHEÇA TODOS OS SERVIÇOS DO BLOG!

Travel blogger e designer aspirante à muitas coisas e com PhD em zuera, não dispensa uma aventura cheia de desafios e tragédias. Nas horas vagas joga games, canta e planeja as próximas viagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here