Perca-se em uma viagem, recrie-se!

12
37

“Not all those who wander are lost” (Nem todos que vagueiam estão perdidos)
A famosa frase de J.R.R. Tolkien é usada amplamente sobre imagens de montanhas, lugares com lagos…. instigando a galera a viajar o mundo.

Já dizia Tolkien Nem todos que vagueiam estão perdidos  apure guria
Mas quem é são os “Wanderers”?? Imagem: Rove Cave

Clique aqui e assine nosso canal no YouTube

Estar perdida é um estado de espírito. Nenhum conselho ou dica faz a diferença nesse momento. Não existem poções mágicas que façam alguém se apaixonar por si mesmo. Quando está perdida, você é a única pessoa que pode se encontrar de verdade.

Apesar de que em muitas famílias já temos um “plano” delineado de vida, não quer dizer que você terá que segui-lo (imagina a reação dos meus pais quando falei que queria ser pianista, aí virei designer, viajante, blogueira….vish) O propósito da sua vida não aparece magicamente com pirilampos e unicórnios na sua frente, mas isso também não quer dizer que sua vida não tenha sentido algum. Em vez de ficar de mimimi, construa o seu próprio caminho. Vá, saia do seu lugar, da sua zona do conforto.

adventure-time_finn

Beber até cair de cara no chão, dormir, se entupir de comer não são soluções, são formas de se esconder e de criar novos problemas. Sempre que você estiver em dúvidas, em uma encruzilhada, no fundo do poço… viajar te dá a oportunidade de ser o que você quiser. Pode recriar-se a cada lugar, construir ou reconstruir os “bloquinhos” a cada passada. Dizem que quando falamos outra língua assumimos uma personalidade diferente da nossa. Sou prova disso (digamos que fico mais divertida falando alemão!).

Cada passo tomado é um novo capítulo de possibilidades.

Viajar permite que você se perca lindamente aonde quer que esteja. É uma batalha invisível, digna de livros! Não é apenas encontrar o lugar no mapa, mas sim encontrar-se espiritualmente. Quais obstáculos deve passar para aprender amar a si mesma?

Perca-se em uma viagem, recrie-se! apure guria
Em Angkor no Camboja


Então, por quê nem todos que vagueiam estão perdidos?

Explorar o mundo é uma chance de conhecer a si própria e em diferentes níveis de profundidade que de outras formas não é possível…nenhum psicólogo, grupos de ajuda, círculos de amizade funcionam tão bem quanto uma viagem. Viajar é refletir sobre a sua existência, perceber os seus limites, melhorar a sua auto estima e confiança.

Viajar pode ser uma cura quanto uma grande aventura!

Leia outros posts sobre viajar sozinha

 



Viaje com a Angie

Faça sua reserva através dos serviços parceiros do blog!Assim você nos ajuda a criar conteúdo cada vez melhor pois ganhamos uma pequena comissão, VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO e continua acessando o blog grátis! Obrigada!

Receba dicas exclusivas no seu email!Receba dicas exclusivas no seu email
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas viagens, descontos incríveis e os melhores lugares para visitar e curtir a vida!

12 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom, curti muito seu post, compartilho dos mesmo sentimentos quando se trata de fazer uma viajem. Desperta o seu lado aventureiro é muito importante, e eu fico muito maravilhando vendo seu fascínio em conhecer lugares novos e pouco explorados. Beijos e até mais

  2. “Viajar é refletir sobre a sua existência, perceber os seus limites, melhorar a sua auto estima e confiança.” Sábias palavras, Angie!!! Há momentos na vida que só podemos contar com a gente mesmo!! Nada externo vai resolver o que acontece no nosso íntimo, e com certeza uma viagem abre portas dentro da gente que não queríamos abrir e faz sair todos os demônios!!! A. D. O. R. E. I

  3. Menina, como assim você fica “mais” divertida falando alemão? Tem como isso?
    Estou nesse processo de sair da zona de conforto e arrecadar dinheiro pra minha viagem/intercâmbio. Estou muito, mas MUITO ansiosa!

Curtiu? Comentaí!