Viajar sozinha

Intercâmbio: Quando a volta é mais difícil que a ida

posted by Angie Setembro 26, 2016 6 Comments

Não importa o que digam, mas a volta do intercâmbio é sempre mais difícil. Você se sente um estranho na sua própria casa, tem aquela sensação que você mudou tanto em pouco tempo enquanto a sua cidade ficou parada no tempo. A volta à realidade no Brasil gera inúmeros questionamentos e aflições.

A volta do Intercâmbio

intercambio-quando-a-volta-e-mais-dificil-que-a-idaInsegurança, nostalgia, depressão, angústia.. fui preenchida por um redemoinho de sentimentos após meu retorno do intercâmbio na Alemanha. É claro que eu desejava muito rever minha família e amigos, mas faltava alguma coisa…parecia que não estava mais em casa, me sentia deslocada. Voltar a caminhar pelas mesmas ruas é horrível nas primeiras semanas. Acostumar de novo às rotinas antigas é muito difícil..mas afinal pra quê se acostumar? Agora não tem mais volta. A “maldição” de querer viajar cada vez, conhecer vários países e criar memórias inesquecíveis. E aí você viaja, faz outro intercâmbio para ter novas saudades.

Meu corpo está aqui, mas meu coração está lá fora. Parece frescura, mas é assim mesmo. Sinto até uma culpa, uma dorzinha de não estar tão empolgada por estar em casa…mas agora eu respiro o MUNDO!

Morar fora é correr na chuva, cair de bunda na neve (e quase quebrar os dentes no próximo tombo), discutir que o Brasil não é só o Rio de Janeiro, é fazer amigos para o resto da vida e encontrá-los novamente nas próximas viagens, é errar tentando se comunicar e no fim usar língua universal da mímica. São essas pequenas memórias que passam na minha mente como um flash e me fazem sorrir de orelha a orelha.

O intercâmbio mudou a minha vida completamente e para sempre.

Me deu novas perspectivas, tanto profissionais quanto pessoais, e me fez pensar diferente. Aqueles sonhos de faculdade, de querer ganhar prêmios, de ter uma vida dentro de um estúdio de design ou carreira acadêmica de sucesso não existem mais. Não consigo me ver trabalhando no mesmo lugar por anos a fio. Já não tenho mais limites e sinto que não consigo ficar na mesma cidade por muito tempo (a velha história de que só árvores ficam no mesmo lugar pois tem raízes). Prefiro realizar meus sonhos recebendo menos, usar meu tempo para fazer o que gosto e ser feliz.

Tudo isso pode parecer assustador para quem tá indo fazer intercâmbio…mas garanto que vale a pena cada segundo, cada lágrima de alegria e de tristeza.

E se você está passando por isso, calma! Vai dar tudo certo 🙂

viajar-barato-descontoViaje tranquilo com o Apure Guria! Conheça nossos parceiros e ainda ajude o blog sem pagar nada a mais por isso <3

Reserve seu hotel ou hostel em qualquer lugar do mundo com o Booking e durma susse!
Seguro Viagem é com a Real Seguros! Compare os melhores preços e viaje suave!
Garanta seu ingresso sem filas! Confira as atrações no Ticketbar
Ganhe 21 dólares no AirBnB

Leia também:

POR QUE TODA MULHER DEVERIA VIAJAR SOZINHA

MOCHILÃO: A MELHOR COISA QUE JÁ ME ACONTECEU

PERCA-SE EM UMA VIAGEM, RECRIE-SE!

CURITIBA À PATAGÔNIA: A ODISSÉIA EM BUSCA DE SI MESMO

Você também pode gostar de:

6 Comments

Josiane Bravo Setembro 26, 2016 at 10:37 pm

A volta do intercâmbio foi dolorosa para mim, confesso que até hoje ainda fico revivendo todos os bons momentos durante os 2 anos como au pair nos Estados Unidos. Faz 1 ano que voltei ao Brasil, mas a readaptação aqui não foi muito fácil, hoje, já estou até planejando ser au pair novamente kkk, mas na Europa. E como você mencionou, o intercâmbio muda nossa vida completamente (para melhor).

Abraços

Reply
Angie Setembro 27, 2016 at 8:47 pm

com certeza guria!! E au pair tem mais contato né, imagino que seja difícil deixar as crianças no final haueahe vai tentar para qual país?

Reply
Stephanie Setembro 27, 2016 at 8:15 pm

Logo logo você volta! Ou vai pra outros lugares, conhecer o resto do mundo… Como vc disse, nossos planos mudam e só as árvores criam raízes 😀

Beijão

Reply
Angie Setembro 27, 2016 at 8:47 pm

ahh sim, totalmente verdade!! agora tô conhecendo o resto do mundo haeuahe obrigada pela visita!

Reply
Taís Setembro 29, 2016 at 1:22 pm

Nosso cerebro se acostuma com novidades e quando a gente volta pra rotina ou quando tudo é aquilo que vc ja conheve dá um negocio mesmo… eu sempre fico numa depre quando volto de um lugat nem que seja uma viagen de um fds hahaaha

Reply
Angie Setembro 29, 2016 at 5:57 pm

aeaheuah simm! até quando vou e volto de união fico assim..as vezes braba com a mudança e as vezes triste, vai entender!

Reply

Curtiu? Comentaí!

%d blogueiros gostam disto: