IndiaViajar sozinha

Intercâmbio na Índia pela AIESEC Talentos Globais

posted by Angie Outubro 21, 2016 3 Comments
Em 2013 a minha amiga Karin fez um intercâmbio na Índia de um ano pela Aiesec. Trabalhou como designer em uma empresa de TI e viveu momentos bons e ruins na Índia. Convidei-a para responder algumas perguntas a respeito do intercâmbio na Índia, ela se empolgou, escreveu um monte de coisa legal e resolvi dividir em dois posts lindos (leia a parte dois: dicas de viagem na Índia)! obrigada guria!!!

Intercâmbio na Índia pela AIESEC

elefante-hampi-sagrado-banho Intercâmbio na ÍndiaElefantinho pra começar bem o post!

Como você foi parar na Índia?

Desde a época de colégio eu sempre tive muita vontade de fazer um intercâmbio, naquela época q todos seus amigos estão indo fazer ensino médio fora e você gostaria também hahah queria morar fora, me virar, ter essas experiências malucas. Na época não tínhamos condições para que eu fosse para fora fazer algo assim, até que durante a faculdade procurei alguns programas de intercâmbio do tipo Work and Travel, mas ainda assim o custo era muito acima do que eu conseguiria bancar além de não agregar tanto valor ao meu currículo além de treinar uma língua estrangeira.
Pesquisando mais acabei achando mais informações e encontrei a AIESEC, que é uma organização toda formada por estudantes universitários e que possui um programa de intercâmbio profissional nos moldes que eu procurava, voltado para recém-formados que procuram uma experiência profissional dentro da sua área além de toda a vivência de morar em outro país. O Programa Talentos Globais da AIESEC te dá acesso a um banco de vagas, em que você pode buscar de acordo com o seu perfil de interesse e se aplicar, no meu caso eu busquei voltado para design gráfico e web, e assim a maioria das vagas que estavam disponíveis eram para a Índia e China.
Intercâmbio na Índia taj mahal aiesec

Como funciona o Talentos Globais da AIESEC?

Resumindo rapidamente o meu Intercâmbio na Índia, me apliquei para algumas vagas e tive retorno da maioria, para a vaga que fui aprovada fiz duas entrevistas por skype e um teste enviado por e-mail, depois recebi um e-mail dizendo que havia sido aprovada para a vaga, um trainee em Mumbai dentro de uma startup na área de TI e me passaram uma data para chegada.
Todas as vagas são remuneradas com um “valor mínimo” para sobreviver no país que a própria AIESEC recomenda, no meu caso chegava a 450 dólares, o que seria 22.500 rúpias na época. Recebi a aprovação para a vaga no final de agosto 2012 e precisaria estar na Índia para o início de janeiro 2013, o que me deu um tempo razoável para conseguir organizar tudo, e não, eu não sabia NADA sobre a Índia até então hahah
Depois da aprovação para a vaga a sede da AIESEC do meu destino foi informada que eu estaria chegando em janeiro e precisaria de um lugar para ficar, e eles ficam responsáveis por ajudar a achar um apartamento, praticamente 100% das vezes você irá dividir com outros intercambistas também da AIESEC que vieram de outros países. Além disso eles também te recepcionam no aeroporto na chegada e te levam até o apartamento e no primeiro dia de trabalho, para que não tenha nenhuma confusão.

Você achou o programa de intercâmbio na Índia Talentos Globais barato? Qual a cobertura da AIESEC?

Como eu já estava trabalhando há um ano e guardei dinheiro consegui pagar sem maiores problemas, os custos que tive foram da passagem aérea, visto para a India, seguro viagem para um ano e um dinheiro extra para sobreviver o primeiro mês (além de extra para o depósito de segurança do apartamento, que ao final eles te devolvem), nisso tudo a Aiesec do seu destino te informa certinho, com custos de vida etc.
A AIESEC não é responsável por pagar nenhum custo seu, ela só funciona como facilitadora e suporte.
Para quem quer focar o seu intercâmbio em experiência profissional, é super válido e recomendo.
Voltando sobre dindin, o custo de vida na Índia é barato então não tive problemas com o salário, mas sem luxo, vivendo como indiano vive, por exemplo Subway é caro, assim como Mcdonalds e todas as franquias ocidentais, em compensação frutas, verduras e alimentos básicos são baratos assim como restaurantes de comida indiana normal.
intercambio na índia talentos globais aiesec india

Viver na Índia mudou a sua vida? Por quê?

Sim, em partes para o bem e em partes não tanto hahah Em primeiro lugar com certeza a maturidade que vem depois de passar um ano vivendo numa cultura completamente diferente, o sentimento de independência e orgulho de ser capaz de ter conseguido tudo isso é incrível.
Em segundo, quando retornei ao Brasil e estava procurando emprego foi exatamente esse diferencial que me fez ser contratada, agora trabalho para uma empresa indiana que na época estava abrindo fábrica em Curitiba e o meu perfil se encaixou perfeitamente com a vaga para ser responsável pelo Marketing da empresa
Em compensação eu tenho certeza que o que vivi e vi lá em termos de pobreza, desigualdade, a situação das cidades etc, é muuuuito marcante e bem triste, faz muito sentido a religião hindu e as castas dentro da realidade do povo indiano, como uma certa maneira de explicar o porque tantos não tem nada e pouquíssimos tem muito, de certa forma esse conformismo das castas é o que dá esperança e alegria, e eles são um povo muiiiiito feliz, sempre de bom humor que amam festas e dança.
20130429_143051

Você gostaria de fazer o programa Talentos Globais ou de viver na Índia de novo?

Não viveria na Índia novamente mas faria outro intercâmbio sim, mas nada além de um ano. taj-mahal-india-intercambio-trabalho
A parte 2 sai amanhã!

viajar-barato-descontoViaje tranquilo com o Apure Guria! Conheça nossos parceiros e ainda ajude o blog sem pagar nada a mais por isso <3

Reserve seu hotel ou hostel em qualquer lugar do mundo com o Booking e durma susse!
Seguro Viagem é com a Real Seguros! Compare os melhores preços e viaje suave!
Garanta seu ingresso sem filas! Confira as atrações no Ticketbar
Ganhe 21 dólares no AirBnB

Leia também:
DICAS DE VIAGEM NA ÍNDIA: RELATO DE UM INTERCÂMBIO
TUDO SOBRE INTERCÂMBIO!
INTERCÂMBIO: QUANDO A VOLTA É MAIS DIFÍCIL QUE A IDA
VIAJAR SOZINHA: COISAS QUE NÃO AGUENTAMOS MAIS OUVIR
Choque Cultural Nova Zelândia e curiosidades

Você também pode gostar de:

3 Comments

Mariana Novembro 6, 2016 at 7:21 pm

Esse post veio em ótima horaaaa!!! Estou planejando um intercâmbio na Índia para o ano que vem! Também estou pesquisando pela AIESEC e já li alguns relatos que eles são bem desorganizados por lá… Veremos, veremos.

Reply
nyrdagur Novembro 6, 2016 at 8:01 pm

Que legal ler a esperiência da tua amiga! Deve ser muito doido mesmo morar na India por um tempo, uma cultura totalmente diferente do que estamos acostumados, com certeza uma experiência que vai te transformar! 🙂

Reply
Stephanie Vasques Novembro 7, 2016 at 10:35 pm

Que experiência incrível! Conheço a AIESEC e adoro os projetos deles, penso muito em ser voluntária e também de fazer algum intercâmbio através deles. Também adoraria viver em um lugar onde a cultura seja tão diferente da nossa, como a Índia é. Deve ter sido, realmente, uma situação transformadora pra sua amiga. Amei demais o post e todas as fotos!

Com amor,
Steph

Reply

Curtiu? Comentaí!

%d blogueiros gostam disto: